Último lutador derrotado por Weidman aposta em Anderson no UFC 162

Mark Muñoz, que treinou com Anderson em 2010, aposta em vitória do ex-parceiro no sábado

Muñoz preparou o wrestling de Anderson para enfrentar Sonnen e agora aposta no ex-parceiro para o UFC 162. Foto: Acervo pessoal do lutador

Muñoz preparou o wrestling de Anderson para enfrentar Sonnen e agora aposta no ex-parceiro para o UFC 162. Foto: Acervo pessoal do lutador

O norte-americano Mark Muñoz foi a última das nove vítimas de Chris Weidman no MMA. Por outro lado, ele fez parte do camp de treinamento de Anderson Silva para a primeira luta do Spider contra Chael Sonnen. Com experiência de conhecer os dois protagonistas do UFC 162, Muñoz aposta em vitória de Anderson.

Em entrevista ao Combate.com, Muñoz acha que o ex-parceiro de treinos permanecerá com o cinturão depois da luta de sábado:

“Eu acho que Anderson vai vencer. Ele vai ter a movimentação de sempre, mas ele é tão preciso que vai conseguir evitar as quedas. Chris vai tentar encurtar a distância e Anderson vai trabalhar os ângulos, como ele sempre faz. E se ele fizer isso, vai ser uma luta fácil. Se Chris conseguir levá-lo para a grade e derrubá-lo, aí ele terá uma chance, mas se Anderson se movimentar do jeito que eu sei que ele pode, Chris terá uma noite longa”.

Weidman e Muñoz se enfrentaram no UFC On FUEL TV 4, em julho de 2012, quando o atual desafiante dos pesos médios venceu por nocaute técnico no segundo round. Ambos acabaram se machucando e não mais lutaram desde então. No UFC 162, Weidman e Muñoz voltam a dividir o mesmo card, com Mark enfrentando Tim Boetsch.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments