Kayla Harrison responde provocação feita por Julianna Peña e esquenta clima de rivalidade

Norte-americana diz que venezuelana deve ter cuidado com suas palavras para que o ‘trash talk’ não se volte contra ela no futuro

K. Harrison (esq.) rebateu os comentários de J. Peña (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Em sua trajetória nas artes marciais mistas, Kayla Harrison ganhou grande notoriedade por sua facilidade em dominar suas adversárias na PFL. Ao descobrir que Julianna Peña fechou as portas por um possível duelo alegando que o nível de competição seria diferente por ela estar em uma ‘liga B’, a norte-americana retrucou.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Em entrevista ao ‘TMZ Sports’, Kayla respondeu a provocação de Peña dizendo para a venezuelana ter mais cuidado em suas palavras para que não ‘mastigue’ mais do que pode.

“Ela está em êxtase agora, mas eu gostaria de alertá-la para ter cuidado. Não diz coisas assim para pessoas como eu. Ela não é um McGregor, que gosta de provocar e não pode morder mais do que pode mastigar. Tenho muito respeito por Julianna Peña, pois ela executou um grande estilo de jogo que funcionou. Mas eu não sou inferior a nada, nem ninguém. Quando eu apareço para lutar, você vai saber que está em uma luta”, disse Harrison.

PUBLICIDADE:

Kayla, inclusive, citou que Julianna poderia perder ‘nove de dez lutas’ contra a ‘Leoa’, mas tratou de aliviar e elogiar a atuação da nova campeã no UFC 269.

“Ainda acredito que, se elas lutarem dez vezes, Amanda vence em nove. Às vezes não é sua noite, não importa o que aconteça e o quão dura você seja ou se prepare. Às vezes, simplesmente as coisas não dão certo. Parabéns para a Julianna pela vitória”, concluiu.

PUBLICIDADE:

Livre no mercado depois de ter seu contrato terminado com a PFL, Kayla Harrison ainda não teve seu futuro anunciado. A bicampeã olímpica de judô, que está invicta no MMA em 11 lutas, esteve na ‘primeira fileira’ do UFC 269 e viu de perto a derrota de sua companheira de treinos na ‘American Top Team’.

PUBLICIDADE:

Podcast #46: Aquecimento para o UFC 270 com duas disputas de cinturão + Amanda Nunes fora da ATT e Jake Paul rico