Na onda de Jake Paul, confira outras personalidades que se testaram nos esportes de combate

De ‘Power Ranger’ a estrela de Hollywood, estrelas, em algum momento, decidiram se aventurar no mundo das lutas; youtuber enfrenta Tyron Woodley neste sábado

J. Paul está invicto em seus testes no boxe. Foto: Reprodução/Twitter @triller

Goste ou não, Jake Paul tem movimentado, e muito, o mundo do boxe. Fenômeno no YouTube, o influenciador digital tem ganhado milhões em desafios às estrelas das artes marciais mistas. No entanto, você sabia que o ‘Garoto Problema’ não é a única celebridade a se aventurar no mundo das lutas? Aqui, te lembraremos outros nomes.

PUBLICIDADE:

Veja Também

De ‘Power Rangers’ a estrela de Hollywood. Alguns astros, em algum momentos de suas vidas, escancararam suas paixões pelas artes marciais e se arriscaram em confrontos.

Jason David Frank: o eterno Ranger verde

J. David Frank é conhecido por sua participação na série Power Rangers. Foto: Reprodução/Instagram

PUBLICIDADE:

Famoso nos anos 1990 por interpretar Tommy Oliver na consagrada série ‘Power Rangers’, Jason David Frank é apaixonado por artes marciais. Faixa preta de caratê, roxa no jiu-jitsu e praticante de Muay Thai, o ator se destacava por movimentos plásticos enquanto interpretava o Ranger verde.

O que muitos não sabem é que o amor pelo esporte extrapolou os treinamentos, fazendo com que o ator se testasse no MMA.

Em 2010, Jason foi um dos destaques do Texas Cage Fighting: Puro Combate 1. Na ocasião, o lutador enfrentou Jose Vasquez e venceu de forma relâmpago, finalizando aos 46 segundos do primeiro round. O desafio marcou a única apresentação do ator como profissional nas artes marciais mistas.

PUBLICIDADE:

Como amador na modalidade, Frank realizou três embate (todos em 2010), vencendo os três na via rápida, no primeiro round. Duas delas foram por finalização e a outra por nocaute.

Curiosidade: em 2013, quando Anderson Silva reinava no UFC, o ator fez um ‘desafio’ à lenda brasileira. Na ocasião, o atleta afirmou ser fã de ‘Spider’ e manifestou o desejo de fazer um sparring com o ex-campeão do Ultimate.

PUBLICIDADE:

Indicado ao Oscar

M. Rourke já foi indicado ao Oscar de ‘Melhor Ator’. Foto: Reprodução/Instagram

Ator, roteirista e indicado ao Oscar por sua performance em ‘The Wrestler’ (2008), Mickey Rourke já viveu suas aventuras no boxe. Seus primeiros testes na ‘nobre arte’ aconteceram na adolescência, mas, na década de 1990, já famoso nas telonas, ele decidiu retomar a carreira como pugilista, mas de forma profissional.

Ao todo, de 1991 a 2014, Rourke disputou nove lutas. O ator nunca chegou a ser derrotado nas regras da modalidade, mas também não conseguiu chegar ao topo do esporte.

Curiosidade: Em 2014, alguns anos depois de concorrer ao Oscar de ‘Melhor Ator’, Mickey decidiu voltar aos ringues depois de mais 10 temporadas de inatividade. O adversário escolhido para o confronto foi Deon Harris. Até aí, tudo bem.

A luta, no entanto, acabou gerando muita polêmica. Aos 62 anos, Rourke acabou vencendo de forma bizarra, nocauteando o adversário logo no primeiro round. Então, o que há de estranho? O fato é que o triunfo do ator veio sem que a celebridade conectasse golpes contundentes, deixando no ar a seriedade do embate.

Do futebol ao boxe

R. Ferdinand é uma lenda do Manchester United. Foto: Reprodução/Instagram

Lenda do Manchester United, consagrada equipe de futebol inglesa, Rio Ferdinand teve uma carreira vitoriosa pelos ‘Reds’. Multicampeão, tendo conquistado torneios importantes, como Ligas dos Campeões da FIFA, Mundial de Clubes da Fifa, e Premiere League, o zagueiro carregava uma paixão pelo boxe.

Representante, também, da seleção da Inglaterra, Ferdinand surpreendeu ao confirmar o interesse de se testar na ‘nobre arte’ depois que pendurou as chuteiras, em 2015.

Infelizmente para os fãs, este é um dos casos frustrados de teste em nova modalidade, e, acreditem, o ex-jogador não teve culpa no cartório. Antes mesmo de sua estreia, o atleta teve sua licença para competir no boxe negada. À época, o antigo jogador do Manchester lamentou a situação.

“Treinando quatro ou cinco vezes por semana, desde que anunciei minha vontade de obter uma licença de boxe profissional e subir no ringue. Infelizmente preciso pendurar as luvas. (…) Sempre tive um respeito absoluto por este esporte e não quis subestimar até que ponto seria difícil. Queria mostrar às pessoas que é bom ter um objetivo e fazer tudo para alcançá-lo”, escreveu o jogador, em trecho divulgado pelo ‘FERA’.

Ex-NBA tenta, mas é massacrado no boxe

J. Paul massacrou N. Robinson em superluta de boxe. Foto: Reprodução/Instagram

Nem todas as tentativas dão certo nos esportes de combate. Este é o caso de Nate Robinson, ex-atleta da NBA, tendo atuado em equipes consagradas como Boston Celtics e Chicago Bulls.

A passagem de Robinson na NBA ficou marcada por suas performances no tradicional concurso de enterradas. O atleta foi vencedor em três edições: 2006, 2009 e 2010.

As qualidades de Nate em dar saltos acrobáticos e encestar bolas acabou não sendo levada aos ringues. Em 2020, o jogador de basquete decidiu se aventurar no boxe e aceitou o desafio de se testar contra Jake Paul, estrela do evento deste sábado (18).

O embate foi inserido no mesmo card que entregou aos fãs o retorno de Mike Tyson aos ringues. Com alto índices de audiência, Robinson acabou envergonhando a classe.

Claramente sem intimidade com a ‘nobre arte’, o jogador de basquete foi presa fácil para um ‘amador’, mas faminto Jake Paul. O youtuber precisou de pouco mais de um round para protagonizar o nocaute mais brutal da noite, quando fez o rival desabar desacordado na lona.

Duelo de youtubers

KSI e L. Paul se enfrentaram em duas oportunidades. Foto: Reprodução/Instagram

Se Jake Paul tem feito sucesso nos ringues, seu irmão mais velho, Logan, não fica para trás. Também prestigiado no universo do YouTube, o influenciador digital fez seu primeiro teste na ‘nobre arte’ em 2018.

Na ocasião, houve um desafio de estrelas da plataforma. De um lado, Paul, fenômeno com mais de 23,2 milhões (atualmente) de inscritos em seu canal. Do outro, KSI, com 14,4 milhões (atualmente) de fãs.

Diferente do irmão mais novo, Logan não teve sucesso em sua estreia. No primeiro encontro com KSI, o duelo ficou no empate.

A revanche aconteceria pouco mais de um ano depois, em novembro de 2019. Desta vez, Paul acabou superado, perdendo na decisão dividida dos juízes após seis rounds de disputa.

O engajamento sobre Logan, no entanto, chamou a atenção de uma lenda do boxe. Multicampeão na modalidade, Floyd Mayweather deixou a aposentadoria para enfrentar o youtuber em um confronto de exibição.

A luta aconteceu em fevereiro de 2021 e, depois da disputa, que, pelas regras, terminou sem vencedor, o influenciador digital recebeu elogios do ex-campeão mundial.

Fenômeno brasileiro

Whindersson (dir.) vence no boxe. Foto: Reprodução/Instagram

Grande estrela do YouTube no Brasil, Whindersson Nunes é mais um apaixonado pelo boxe. Depois de entrar no esporte como recurso para cuidar de um caso severo de depressão, o comediante tomou gosto e chegou a fazer uma luta como amador na modalidade.

O duelo aconteceu em 2019. Na ocasião, o youtuber saiu vitorioso contra um adversário desconhecido e decidiu se manter ativo na modalidade.

A intenção do comediante acabou chamando atenção de uma lenda do boxe brasileiro: Acelino Popó Freitas, ex-campeão mundial. Disposto a reproduzir em território nacional as investidas dos ‘Irmãos Paul’, o pugilista propôs um confronto contra o comediante.

Logo de cara, Whindersson aceitou o desafio e vem se preparando para o duelo. O embate, no entanto, ainda não tem data e local para sua realização.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC