Ronda Rousey diz estar ‘feliz e aliviada’ por dividir um evento com Anderson e Weidman

Campeã prefere deixar a maior parte do estresse promocional do UFC 168 para a disputa do cinturão dos médios

R. Rousey (foto) foi relegada à luta coprincipal do UFC 168, mas sentiu-se aliviada pela mudança. Foto: Josh Hedges/UFC

R. Rousey (foto) foi relegada à luta coprincipal do UFC 168, mas sentiu-se aliviada pela mudança. Foto: Josh Hedges/UFC

O UFC 168, originalmente, seria liderado pela revanche entre Ronda Rousey e Miesha Tate, em combate válido pelo título da categoria peso galo feminina. Porém, no último sábado, Dana White confirmou que o segundo duelo entre Anderson Silva e Chris Weidman também acontecerá na mesma noite. A musa do UFC, que poderia ter ficado incomodada por ter deixado o posto de atração principal da noite, mostrou alivio com a decisão do Ultimate..

“Estou super feliz por estar no mesmo card de Anderson Silva e Chris Weidman”, disse Rousey ao USA Today. “Vai aliviar um pouco do estresse e da pressão de promover o evento, já que terá mais gente promovendo este grande show”, completou.

Ronda reconhece que a publicidade e retorno de mídia trará para a revanche entre Anderson Silva e Chris Weidman. A estrela manteve-se humilde por participar de um momento que pode ser histórico para o UFC. “A luta deles pode ser muito bem a melhor do ano, talvez até mesmo a maior da história da organização. Acho que é uma honra fazer parte disso”.

O UFC 168 está marcado para o dia 28 de dezembro, na MGM Grand Garden Arena. Os promotores do show divulgaram apenas as duas lutas principais até o momento.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments