AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Após presença no corner, Kamaru Usman enaltece atuação de Francis Ngannou no UFC 270

Campeão dos meio-médios destacou que camaronês esteve lesionado e poderia decidir por não seguir no card, mas deu a 'volta por cima' com vitória sobre francês

K. Usman (dir.) foi um dos principais parceiros de treino de F. Ngannou (esq.) para o UFC 270. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de perder os dois rounds iniciais, Francis Ngannou deu a ‘volta por cima’ e, com estilo adaptado no grappling, se recuperou para vencer Ciryl Gane na decisão unânime dos juízes, em luta principal do UFC 270 do último sábado (22). E a performance do campeão dos pesados (até 120,2kg.) também rendeu elogios de Kamaru Usman, que esteve eu seu corner no combate.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Nos bastidores do evento, Usman exaltou a maneira com que o camaronês se adaptou às adversidades para evitar o título. Ele, inclusive, afirmou que Francis teve a opção de sair do duelo após lesão no joelho, mas decidiu por se provar diante das dificuldades.

“É incrível poder testemunhar mais uma vitória de Francis. Foi (uma luta) difícil, porque ele teve que lidar com muitas situações diferentes – que poderiam ter dificultado na luta. Então, para ele perseverar, entrar em uma luta dura como essa, não é brincadeira. Gane é um lutador completo e Francis provou o motivo de ser campeão mundial dos pesados​. Estou muito orgulhoso. Esse cinturão fica na África”, afirmou Kamaru.

PUBLICIDADE:

Em atuação inteligente, Francis também mostrou grande evolução em seu jogo de grappling. O campeão, agora, emplaca sua sexta vitória seguida e um cartel de 17 triunfos e três reveses.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276