Empresário confirma cirurgia e diz que Ngannou pode ficar nove meses afastado após grave lesão no joelho

Ruptura dos ligamentos aconteceu em treino de preparação para combate contra Ciryl Gane no UFC 270

F. Ngannou unificou o título dos pesados no UFC 270. Foto: Reprodução/Instagram

Em meio às especulações sobre renovação de contrato com o UFC, Francis Ngannou corre o risco de não atuar mais na organização. O campeão dos pesados sofreu rupturas do ligamento colateral medial (LCM) e ligamento cruzado anterior (LCA) dos joelhos e terá que passar por cirurgia. A informação foi confirmada por seu empresário, Marquel Martin.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Planejamos fazer uma cirurgia e iniciar o processo de recuperação para que possamos recuperá-lo 100% o mais rápido possível. Enquanto isso, esperamos encontrar uma solução pacífica nessas negociações de contrato com o intuito de agradecer a todos os fãs por cada apoio e crença em Francis”, relatou Martin, em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana.

A previsão de recuperação de Francis é de nove meses. As lesões em questão aconteceram durante preparação para combate contra Ciryl Gane, no UFC 270 do último sábado (22). Apesar das rupturas, Ngannou decidiu por seguir no evento. Após começar em desvantagem, o camaronês adaptou seu estilo ao Wrestling em conseguiu superar seu ex-parceiro de treinos na decisão unânime dos juízes.

PUBLICIDADE:

Ngannou está em uma posição delicada, já que fez a oitava aparição prevista no contrato com o Ultimate. Ele ainda possui uma cláusula de renovação automática por ser campeão, mas afirmou que não lutaria novamente sob os termos de seu acordo atual.

Podcast #63: Blachowicz merece enfrentar Glover pelo cinturão do UFC? Lyoto perde no Bellator e se complica