Venda de pacotes PPV do UFC 162 nos EUA fica abaixo do esperado

Evento teve 500 mil unidades comercializadas; número é bem inferior à expectativa inicial, de 800 mil

S

UFC 162 vendeu apenas 62,5% dos pacotes de PPV esperados. Foto: Divulgação

UFC 162 vendeu apenas 62,5% dos pacotes de PPV esperados. Foto: Divulgação

e o UFC 162 foi um evento histórico para o Ultimate em diversos aspectos, deixou a desejar no número de vendas de pacotes pay-per-view nos Estados Unidos. A noite de lutas, que teve a derrota de Anderson Silva para Chris Weidman como luta principal, atingiu o número de 550 mil pacotes comercializados.

Embora a quantidade de pacotes vendidos – em números absolutos – não seja baixa (o UFC 161, por exemplo, vendeu 150 mil unidades), o resultado ficou bem aquém do esperado pela organização. Antes do evento, o presidente Dana White revelou a expectativa de 800 mil pacotes de PPV comercializados para a décima primeira defesa de cinturão de Anderson Silva.

O UFC 162 foi realizado no último dia 6 de julho, no MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA). Na luta principal da noite, Anderson Silva sofreu sua primeira derrota na organização e perdeu o cinturão dos médios para o norte-americano Chris Weidman. A revanche já foi agendada para o dia 28 de dezembro, na edição 168 do Ultimate. Certamente com a projeção de vendas de pay-per-view bem melhor.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments