Whindersson faz campanha e Popó ultrapassa marca de 2 milhões de seguidores em rede social

Fenômeno da internet exige reconhecimento dos fãs a tetracampeão mundial; engajamento ao baiano ‘explodiu’ momentos após pedido de Nunes

Popó comemorou a marca de 2 milhões de seguidores no Instagram. Foto: Reprodução/Instagram

Fenômeno da internet, Whindersson Nunes comprovou de forma clara o quanto tem moral com seus seguidores. Adversário do lendário Acelino Popó Freitas em desafio de boxe no último domingo (30), o humorista foi responsável por um aumento impressionante no número de seguidores do tetracampeão mundial no Instagram. Depois de encarar o baiano, o piauiense fez coro pelo engajamento e foi atendido em poucos minutos.

PUBLICIDADE:

Veja Também

272985371_835266823985141_811679402828082976_n

Depois de ser castigado por cerca de oito rounds em confronto disputado nas regras da ‘nobre arte’, Whindersson não escondeu a satisfação por ter suportado a pressão do ex-campeão. Após a luta, no entanto, em tom de desabafo, Nunes exigiu que os fãs reconhecessem seus ídolos.

Com prestígio entre os internautas, Whindersson, que ostenta a ‘bagatela’ de 56,8 milhões de seguidores no Instagram, não teve dificuldades de convencer os espectadores a acompanhar Popó. A reação foi imediata. Bastaram poucos minutos para que Acelino, atingisse a marca de um milhão de adeptos.

PUBLICIDADE:

Na manhã desta segunda-feira (31), o número estava ainda maior. No momento da publicação desta matéria, o tetracampeão mundial de boxe soma 2,3 milhões.

Comovido pela atitude de Whindersson, Popó não poupou elogios ao humorista. Depois do show, o baiano manifestou seu respeito pelo jovem de 27 anos.

Em seu perfil no Instagram, o pugilista celebrou a conquista. Acelino também aproveitou para agradecer ao youtuber.

PUBLICIDADE:

“Já chegamos a 2 milhões de amigos aqui no Instagram. Felicidade define. Muito obrigado, Brasil! Valeu demais, Whindersson Nunes. Domingo marcado na história. Esporte reverenciado. Esporte valorizado”, escreveu.

PUBLICIDADE:

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276