Amanda Nunes revela lesões nos joelhos sofridas antes de primeira luta com Julianna Peña

'Leoa' teve período de treinamentos prejudicado e afirma ter treinado apenas a 'parte superior' de seu corpo para o combate

A. Nunes é campeã dos galos do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeã das galos (até 61,2kg.), Amanda Nunes atuou no UFC 269 com sérias lesões. Em entrevista à ‘ESPN’, a brasileira revelou ter lidado com rupturas nos dois joelhos durante preparação para luta com Julianna Peña, quando foi finalizada no segundo round em uma das maiores ‘zebras’ da história do esporte.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Por não estar 100% na preparação, Amanda afirmou que focou apenas em treinar boxe, pois sequer conseguia andar no período em que esteve lesionada.

” É uma situação difícil para mim, porque rompi os dois joelhos com lesões devastadoras. Eu não podia fazer muito jiu-jitsu ou Wrestling. Eu senti (a lesão) em um aquecimento. Tudo naquele camp foi focado nos braços. Eu só fazia boxe e trabalhava só na parte superior do corpo. Não é assim que meu corpo é. Estou neste jogo há muito tempo. Cinco anos com o cinturão, cinco anos sem. Meu corpo nunca se sentiu assim”, relembrou a ‘Leoa’.

PUBLICIDADE:

Em seguida, Nunes tratou de creditar a atuação de Peña como o principal motivo de sua derrota. Ainda assim, ela confessa que se arrependeu de atuar no combate, que já havia sido cancelado anteriormente por ter testado positivo para a COVID-19.

“Todo o período para esta luta foi uma bagunça. Eu sempre tento pensar: ‘Está tudo bem, eu posso fazer isso’. Os lutadores são assim, pois queremos superar tudo para entrar no cage. A primeira luta foi cancelada depois que eu peguei COVID e passei por alguns problemas. Eu não estive saudável para ir à academia, mas não queria deixar a luta novamente”, finalizou.

PUBLICIDADE:

Amanda, agora, está escalada como uma das treinadoras da 30ª edição do ‘The Ultimate Fighter’, que começa a ser gravado em fevereiro deste ano. Como habitual, a ‘Leoa’ enfrenta Julianna Peña no final da temporada, em data ainda não anunciada oficialmente.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano