AO VIVO

Acompanhe a PFL 5 2022, com esquadrão brasileiro em ação

Marina Rodriguez bate Yan Xiaonan no UFC 272 e dá passo importante rumo à disputa de cinturão

Terceira colocada no ranking, a brasileira superou um início de luta difícil para levar a vitória na decisão dividida dos juízes

M. Rodriguez derrotou Y. Xiaonan no UFC 272 (Foto: Instagram/UFC)

Em duelo decisivo na divisão peso palha (até 52,1 kg), Marina Rodriguez superou Yan Xiaonan na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28) e deu um passo enorme rumo a uma possível disputa de cinturão. A brasileira superou um início de luta difícil para, na contagem de dois juízes, vencer os dois rounds finais e sair com a vitória.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Terceira colocada no ranking, Marina Rodriguez venceu a quarta luta consecutiva no Ultimate e pode ter se credenciado para disputar o cinturão da categoria, pertencente a Rose Namajunas.

Do outro lado, Yan Xiaonan, que entrou no octógono como quarta colocada no ranking acabou sofrendo a segunda derrota seguida e se vê mais distante de uma chance de lutar pelo título.

PUBLICIDADE:

A LUTA

Nos primeiros segundos da luta, Yan Xiaonan tomou a iniciativa e pressionou Marina Rodriguez, apostando em combinações com os punhos. Parecendo estar em uma rotação acima, a chinesa respondia rapidamente as investidas da brasileira, que se mostrava tranquila apesar da pressão inicial da oponente. Na metade final do primeiro assalto, Marina tentou soltar mais seu jogo de trocação, mas encontrou dificuldade para encontrar a distância. No minuto final do round, em boa investida, a brasileira acabou acertando um golpe baixo ilegal na chinesa e interrompendo o combate por pouco mais de um minuto. De volta à ação, Xiaonan conectou um bom pisão lateral no tronco da brasileira. Na sequência, Marina respondeu com uma joelhada voadora. Nos últimos segundos, Xiaonan botou a luta para baixo, mas deixou o braço exposto para uma tentativa de finalização de Marina, mas não havia mais tempo.

No segundo round, Marina tentou ser mais proativa e passou a tomar a iniciativa do combate. Com o jogo mais solto, a brasileira apostou em combinações para se aproximar da chinesa, que por sua vez continuava rechaçando a brasileira com punhos muito rápidos. Em uma tentativa de joelhada, a brasileira acabou perdendo a base e dando espaço para a chinesa ficar em posição de superioridade no solo. Marina conseguiu travar o pescoço de Xiaonan e levantar, mas ficou com a chinesa pregada em sua cintura. Xiaonan tentou levar a luta para o solo novamente, mas Marina defendeu bem e se manteve em pé. No minuto final do round a brasileira teve um ótimo momento, com dois cruzados e uma joelhada na linha de cintura. Nos segundos finais do round a brasileira conectou um golpe limpo no rosto da chinesa, que absorveu bem o golpe.

PUBLICIDADE:

Muito concentrada, Marina Rodriguez começou o terceiro round andando para a frente e acertando um bom cruzado no rosto de Xiaonan. A brasileira continuou controlando o ritmo do combate, enquanto a chinesa continuava apostando nos contragolpes. Cercando a adversária, a gaúcha balançou a adversária com mais um cruzado. No minuto final, as duas trocaram golpes de maneira franca e provocações no octógono. Nos últimos segundos, Marina conectou ótima sequência no clinch e terminou a luta perseguindo a adversária para sair com a vitória na decisão unânime.

PUBLICIDADE:

Jalin Turner ‘atropela’ Jamie Mullarkey e vence por nocaute técnico

J. Turner em vitória no UFC (Foto: Reprodução/Instagram)

Fechando o card preliminar do UFC 272, Jalin Turner não deu chances a Jamie Mullarkey e saiu com a vitória por nocaute técnico no segundo round. O “Tarântula” se mostrou muito superior na luta em pé, dominou o combate e conseguiu a interrupção aos 46 segundos do segundo round.

O triunfo sobre Mullarkey foi o quarto consecutivo por interrupção de Jalin Turner no UFC. O norte-americano tem agora cinco triunfos e apenas duas derrotas desde que estreou no Ultimate, em 2018.

Jamie Mullarkey, por sua vez, falhou na busca pela terceira vitória seguida no octógono. O australiano não perdia desde outubro de 2020 e tem agora dois triunfos e três derrotas na organização.

Nicolae Negumereanu bate Kennedy Nzechukwu na decisão dividida

N. negumereanu superou K. Nzechukwu no UFC 272 (Foto: Instagram/UFC)

Em duelo válido pelos meio-pesados (até 93 kg), Nicolae Negumereanu superou Kennedy Nzechukwu na decisão dividida dos juízes (27-29, 29-27, 29-27). Durante o combate, o romeno foi atingido por duas dedadas no olho por parte do nigeriano, que teve um ponto deduzido, mas apesar do dano, fez o suficiente para levar a vitória.

O triunfo sobre Nzechukwu foi o terceiro consecutivo de Nicolae Negumereanu no UFC. O romeno não é derrotado desde sua estreia na organização, em março de 2019.

Kennedy Nzechukwu, por outro lado, sofreu a segunda derrota consecutiva no octógono e tem agora três vitórias e três reveses na organização.

 

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano