Treinador de Amanda Nunes revela possível data de revanche contra Julianna Peña

Balbino Júnior, novo técnico da Leoa, disse que o novo duelo deve acontecer entre julho ou agosto e falou sobre a mudança de academia da ex-campeã

A. Nunes e J. Peña em encarada na coletiva de imprensa do UFC 269 (Foto: Reprodução/Youtube)

Encaminhado, mas não oficializado, a revanche entre Amanda Nunes e Julianna Peña está próximo de ter a sua data confirmada. Segundo o novo treinador da Leoa, Balbino Junior, o novo duelo válido pelo cinturão dos galos (até 61,2kg) deve acontecer ‘entre julho ou agosto’. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Fighting‘.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Vamos ficar aqui em Las Vegas por mais duas semanas (filmando o reality show ‘The Ultimate Fighter 30‘), e ainda não temos uma data definida, mas Amanda está pegando ritmo e já estamos treinando. Já que estamos fazendo o ‘TUF’ e acho que as finais serão no mesmo dia da luta contra Julianna, acredito que essa luta provavelmente acontecerá por volta de julho ou agosto”, disse Júnior.

A revanche contra Peña, será o primeiro confronto de Amanda após a sua saída da American Top Team. Balbino acredita que a mudança de ares fará bem para a ‘Leoa’ e mostrou confiança em um desfecho diferente na nova disputa de título.

PUBLICIDADE:

“Ela precisa estar com pessoas que a acreditam 100% , que confiam nela, então ela está confortável para um bom camp. Estou muito confiante no trabalho que estamos fazendo juntos e ela está muito animada. Mudança é bom às vezes. Nosso objetivo é fazer a Amanda trazer esse cinturão de volta. Sabemos do que Amanda é capaz. Ela é uma atleta completa”, disse Júnior.

Campeã dos galos desde 2016, Amanda foi destronada por Julianna Peña no último mês de dezembro. Na luta co-principal do UFC 269, a brasileira sucumbiu diante da ‘Megera Venezuelana’ e foi finalizada no segundo round. A ‘Leoa’ possui um retrospecto de 21 triunfos e cinco reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano