AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Em combate morno, Adam Borics supera Mads Burnell por pontos e se aproxima da disputa de cinturão

Na luta principal do Bellator 276, o atleta húngaro superou o seu rival na decisão dos juízes e ficou perto de lutar pelo cinturão dos penas

A. Borics e M. Burnell lideraram o Bellator 276 Foto: Instagram/@bellatormma

Mesmo sem uma grande atuação, Adam Borics ficou próximo de uma oportunidade de disputar o cinturão dos penas (até 65,7kg). Em combate que liderou o card do Bellator 276, o atleta da Hungria bateu Mads Burnell por pontos e deve aguardar para, provavelmente, enfrentar o vencedor de AJ McKee x Patrício Pitbull. O espetáculo aconteceu na Famili House, em St. Louis, Missouri (EUA).

PUBLICIDADE:

Adam Borics conseguiu sua quarta vitória consecutiva e se aproximou de uma provável disputa de cinturão. Aos 28 anos, o hungaro vem em grande fase na carreira e agora possui um cartel de 18 triunfos e apenas um reves no MMA profissional. Sua última derrota foi em 2018, para o ex-campeão Darion Caldwell.

O dinamarquês Mads Burnell teve quebrada a sua sequência de sete vitórias consecutivas na carreira. Até então invicto na organização, o peso pena sentiu o gosto ruim do primeiro resultado negativo na empresa liderada por Scott Coker. Também com 28 anos, o atleta europeu agora marca 16 triunfos e quatro reveses no esporte.

PUBLICIDADE:

Veja Também

275734107_496644738644398_3952840421259305482_n

A LUTA

Burnell começou o confronto aplicando um chute baixo, logo respondido por Borics. Adam usava as combinações para golpear o seu rival, que logo partiu para a tentativa de queda. De volta ao centro do ringue, Borics aplicou uma joelhada voadora, que parou na guarda do seu rival. Melhor na trocação, Borics abusava das combinações de jabs e direto, enquanto tentava se manter longe das tentativas de queda de Burnell. Os dois atletas trocaram golpes no centro do ringue por alguns segundos de forma intensa. Borics tentou um chute alto, que parou na guarda de Burnell.

PUBLICIDADE:

O segundo round começou com Borics mantendo a estratégia da trocação, enquanto Burnell seguia buscando se aproximar para tentar as quedas. Os dois atletas foram para o clinch por alguns segundos e logo se afastaram novamente. Burnell tentou um chute alto, mas Borics catou a sua perna, o derrubou e caiu por cima. Porém, o húngaro não aguentou muito tempo por cima. Burnell tentou mais uma queda e mais uma vez foi rechaçado por Adam. Os dois lutadores passaram a trocar golpes no infight. Burnell acerta uma boa combinação no rosto de Borics, que, entretanto, não se abala. Burnell tenta uma blitz e pressiona Borics, que responde com um cruzado que levou o dinamarques à knockdown. Borics termina o segundo round golpeando por cima.

PUBLICIDADE:

Na terceira parcial, os dois lutadores começaram buscando a trocação franca na curta distância. De forma surpreendente, Borics tentou uma queda em Burnell mas falhou. Borics acertou uma sequência de jabs, qque entraram limpos no rosto do seu rival. Burnell acertou um golpe que balançou Adam, mas o dinamarquês não tentou a blitz. Burnell tentava encurtar a distância e Borics o mantinha afastado com boas sequências e combinações. O round soou após mais uma etapa de golpes trocados na curta distância.

Como um zumbi, Burnell seguia avançando para pressionar Borics, que usava os jabs para manter o dinamarquês afastado. Sem muita contundência, Borics vai usando a sua trocação para golpear Burnell e mantê-lo afastado do seu raio de ação. Os dois atletas já aparentavam bastante desgaste e o combate caiu vertiginosamente de nível. Para animar o combate, Burnell faz uma dancinha após receber um golpe de Adam Borics. O hungáro parece acordar e aplica uma linda queda nos segundos finais do round.

O último round do confronto seguiu a batida das parciais anteriores. Burnell aplicou um chute baixo em Borics, que respondeu com um direto. Adam acertou uma boa combinação, mas sequer abalou o seu rival. Com pouco mais de dois minutos para o fim do combate, Borics começou a circular pelo octógono, tentando escapar da pressão de Burnell. Borics tentou uma joelhada voadora, que parou na guarda de Mads. Adam levou o confronto para grade, Burnell tentou catar sua perna para quedá-lo e o combate terminou ali.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276