Marlon Moraes tira as luvas após quarta derrota no UFC e deixa indícios de aposentadoria

Brasileiro, ex-desafiante ao cinturão, sofreu quarta derrota consecutiva; Ele usou o Instagram para agradecer seu empresário Ali Abdelaziz, aumentando o indício de despedida

Marlon tirou as luvas ainda no octógono. Foto: Reprodução / UFC

Vivendo a pior fase de sua carreira, Marlon Moraes amargou mais uma derrota no octógono do Ultimate e chegou a quatro revezes consecutivos. Na luta co-principal do UFC Vegas 50, o brasileiro acabou dominado pelo chinês Song Yadong e terminou nocauteado ainda no primeiro assalto. No entanto, um sinal preocupante surgiu após a luta depois de um gesto simbólico do atleta de 33 anos, que decidiu retirar suas luvas ainda na área de lutas.

PUBLICIDADE:

Veja Também

O ato deixou uma dúvida sobre o status de sua carreira após a quarta derrota consecutiva, já que o gesto costuma sinalizar o fim da carreira do lutador que retira suas luvas no meio do octógono. No entanto, o atleta brasileiro não se manifestou sobre um possível ponto final em sua trajetória no esporte.

Através de sua conta no Instagram, Marlon Moraes compartilhou uma foto publicada por Ali Abdelaziz, seu empresário desde o princípio de sua trajetória no MMA nos Estados Unidos, que lhe agradecia por tudo corroborando com o tom de despedida adotado pelo brasileiro após a luta.

PUBLICIDADE:

A quarta derrota consecutiva de Marlon Moraes pode, no mínimo, colocar um ponto final em sua passagem pelo Ultimate depois de cinco anos. Sem vencer desde 2019 quando superou José Aldo por decisão dividida, o atleta nascido em Nova Friburgo foi nocauteado em sequência nas quatro oportunidades. No UFC, o “Magic” anotou vitórias contra Aljamain Sterling e Jimmie Rivera, chegando a disputar o cinturão da divisão contra Henry Cejudo em 2020.

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano