Pettis: ‘Tenho um monte de movimentos que o mundo ainda não viu’

Desafiante dos leves deixou no ar que uma nova manobra como o 'Showtime Kick' pode aparecer no UFC 164

A. Pettis (foto) deixa no ar que pode apresentar outro movimento espetacular contra B. Henderson. Foto: Al Bello-Zuffa (UFC/Divulgação)

A. Pettis (foto) deixa no ar que pode apresentar outro movimento espetacular contra B. Henderson. Foto: Al Bello-Zuffa (UFC/Divulgação)

O norte-americano Anthony Pettis mede forçcas contra Ben Henderson, no próximo dia 31, pelo cinturão dos leves do UFC. Os lutadores já se enfrentaram anteriormente, em combate que entrou para a história por causa de um chute de Pettis. Para o próximo combate, o lutador dá a deixa que pode vir mais.

Pettis e Henderson se enfrentaram na última luta da história do WEC, organização extinta em dezembro de 2010 e incorporada ao UFC. Na ocasião, Anthony tomou o cinturão de do campeão com uma vitória por decisão depois de aplicar o “Showtime Kick”, movimento em que o lutador caminhou na grade antes de executar um chute alto que mandou Henderson a knockdown.

Em entrevista ao site site MMA Fight Corner, “Showtime” disse que não vai para a revanche com um movimento específico previamente planejado, mas fala que tudo pode acontecer:

“Eu não tento um movimento específico que quero tentar, ou que acho que vai ficar legal, ou que vai fazer os fãs enlouquecerem. Eu acho que se você fizer isso, está se limitando no que pode fazer. Eu gosto de manter tudo disponível. Tenho um monte de habilidades, um monte de movimentos que o mundo não viu ainda no octógono. Se eu tiver a oportunidade, vou executá-los”.

A revanche entre Henderson e Pettis será a luta principal do UFC 164, que será disputado no dia 31 de agosto, em Milwaukee, cidade onde mora o desafiante.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments