Sonnen quer ser juiz de MMA e estar na revanche entre Anderson e Weidman

Norte-americano afirmou que já enviou os papéis para a Comissão Atlética requisitando sua licença

Sonnen disse que quer enfrentar 'os caras que têm as maiores vitórias', mas não deixou de provocar Wand

Dana White ironizou o desejo de C.Sonnen (foto). Foto: Josh Hedges/UFC

Quando se pensa que não há mais a ser dito por Chael Sonnen, o falastrão surpreende outra vez. Nesta quinta-feira (15), durante os treinos abertos do UFC Fight Night 26, em Boston (EUA), Sonnen revelou que quer se tornar juiz de MMA e trabalhar na revanche entre Anderson Silva e Chris Weidman, no fim do ano.

“Estou mandando uma aplicação (para a Comissão Atlética do Estado de Nevada), vou tentar obter uma licença de árbitro e estou torcendo para arbitrar essa luta (Spider vs Weidman 2). Se eles me escalarem ou não, eu já arbitrei muitas lutas em outras jurisdições e estou tentando conseguir em Nevada”, disse o norte-americano ao site “MMA Fighting”.

Mesmo admitindo o desejo, posteriormente Sonnen afirmou que se trata de um sonho difícil de ser realizado. “Conseguir o evento principal, acho que não. Vai ser difícil, a não ser que eu consiga trabalhar um evento ou dois em Nevada antes disso, e não sei como está a programação lá. Mas para arbitrar, acho que (consigo a licença) sim. Não vou fazer campanha. Há ótimos árbitros por aí, mas eu quero arbitrar. Tenho certeza que todos os outros árbitros também querem, mas eu estou colocando meu nome na lista”, finalizou.

O presidente do UFC Dana White comentou, de maneira bem humorada, a declaração de Sonnen. “Se ele acha que Keith Kizer (diretor executivo da Comissão Atlética de Nevada) vai licenciá-lo como árbitro, ele é mais iludido do que eu achava “, disse o dirigente, também ao “MMA Fighting”.

Ainda não como juiz, Chael Sonnen entra no octógono neste sábado (17), calçando luvas e usando protetor bucal, para enfrentar o brasileiro Maurício Shogun. O confronto é a luta principal do UFC Fight Night 26, que acontece no TD Garden, em Boston (EUA).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments