Depois de brilhar com finalização, Aspinall afirma que preferia ter nocauteado Volkov no UFC Londres

Novo pupilo de Dana White, atleta se mostra exigente depois de vencer o maior desafio de sua carreira

T. Aspinall está invicto em cinco apresentações no UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de brilhar com atuação dominante diante de Alexander Volkov no UFC Londres, realizado neste sábado (19), Tom Aspinall mostrou certa exigência. Protagonista de uma performance impecável, o lutador revelou que o desfecho não foi o esperado no maior desafio de sua carreira. Em coletiva após o espetáculo, o inglês explicou sua posição.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Eu gosto de nocautear as pessoas, para ser sincero. Para mim, nocautear alguém é melhor do que finalizar. No entanto, eu prefiro uma finalização a lutar cinco rounds. É uma das minhas finalizações preferidas (Kimura). (…) Se eu te pego na meia-guarda, é minha posição favorita”, garantiu.

No UFC Londres, Aspinall fez valer a aposta que o Ultimate faz em seu talento. O triunfo diante de Volkov carimbou o passaporte do atleta para o topo da categoria liderada por Francis Ngannou.

PUBLICIDADE:

Momentos antes da entrevista com Tom, o presidente da empresa, Dana White, afirmou que o inglês está pronto para desafiar qualquer competidor da divisão. Na mesma coletiva, o ‘gigante’ sugeriu um confronto contra Tai Tuivasa.

Com a vitória diante de Alexander, Aspinall segue sem amargar um resultado negativo no Ultimate. O lutador de 28 anos, agora, soma cinco triunfos pela empresa.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276