Arlovski vence e Brasil tem saldo negativo no WSOF 5

Ex-campeão do UFC venceu Mike Kyle, enquanto Danillo Villefort, Rolles e Gregor Gracie foram superados no show

Arlovski (foto) venceu XXXXXxxx na luta principal

Arlovski (foto) venceu M. Kyle na luta principal do WSOF 5. Foto: Divulgação

A quinta edição do World Series of Fighting (WSOF) marcou a recuperação de um veterano e um saldo ruim para o Brasil. Dos cinco atletas do país no show, realizado na noite deste sábado (14), quatro saíram do cage derrotados. Na luta principal da noite, o ex-campeão dos pesados do UFC Andrei Arlovski derrotou Mike Kyle na decisão unânime dos juízes.

A luta

Os pesos pesados Andrei Arlovski e Mike Kyle fizeram uma luta quente, repleta de movimentações e alternância no controle. O Arlovski esteve perto da vitória por nocaute no segundo round. Porém Kyle conseguiu se manter no combate, assustar Andrei na sequência e levar a disputa para decisão.

Nas papeletas dos juízes, vitória de Andrei Arlovski na decisão unânime dos juízes.

Saldo ruim do Brasil

Entre os brasileiros no programa de lutas o saldo foi ruim. Danillo Villefort perdeu Dave Branch, Derrick Mehmen aplicou um nocaute sensacional em Rolles Gracie, Jimmie Rivera passou por Sidemar Honorio, enquanto Gregor Gracie foi superado por Richard Patishnock. O único triunfo tupiniquim aconteceu na primeira luta do card. Neiman Gracie finalizou Darren Costa.

Confira abaixo os resultados completos do WSOF 5

Card Principal

Andrei Arlovski derrotou Mike Kyle na decisão unânime dos juízes;

Dave Branch derrotou. Danillo Villefort na decisão unânime dos juízes;

Derrick Mehmen derrotou Rolles Gracie por nocaute no R2;

Georgi Karakhanyan finalizou Waylon Lowe na guilhotina no R1;

Card Preliminar

Rick Glenn derrotou. Artur Rofi na decisão unânime dos juízes;

Jimmie Rivera derrotou  Sidemar Honorio na decisão unânime dos juízes;

Richard Patishnock derrotou Gregor Gracie na decisão unânime dos juízes;

Ozzy Dugulubgov finalizou Andrew Osbourne com uma chave de calcanhar no R2;

Neiman Gracie finalizou Darren Costa com uma chave de braço no R1;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments