Gleison Tibau é superado por pontos em decisão polêmica; Vanessa Melo estreia com derrota na PFL #3

Brasileiros estreiam com reveses nos meio-médios e leves na temporada 2022 da organização

G. Tibau (dir.) enfrentou J. Al-Sawiri (esq.) no card preliminar da PFL #3. Foto: Reprodução/Twitter @pflmma

Nesta sexta-feira (6), o Brasil começou com o ‘pé esquerdo’ no card preliminar do terceiro evento da PFL em 2022. Depois de três rounds equilibrados, Gleison Tibau tentou usar a estratégia em jogo de luta agarrada, mas foi superado por Jarrah Al-Silawi na decisão unânime dos juízes. Já Vanessa Melo acabou derrotada por Martina Jindrova nos pontos em estreia na divisão das leves (até 70,3kg.) da organização.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Aos 39 anos, Tibau deixa de somar três pontos no torneio dos meio-médios (até 77kg.). Ele, agora, conta com um retrospecto de 36 triunfos e 16 reveses, enquanto que Al-Silawi tem 18 resultados positivos e três reveses.

A Luta

Depois de sentir o estilo de seu adversário, Gleison optou por encurralar Al-Silawi junto à grade após encurtar a distância. O brasileiro, no entanto, viu o emiradense rechaçar a tentativa e a luta voltou em pé, com vantagem de Jarrah. Tibau chegou novamente na posição de dominância no canto do decágono, mas seu oponente se desvencilhou. A luta seguiu no mesmo caminho da trocação até o final do round.

PUBLICIDADE:

Na volta ao segundo round, Al-Silawi demonstrou que estava com jogo afiado no kickboxing e aplicou bons socos e chutes, além de joelhada que atingiu o rosto de Tibau. Contragolpeador, o emiradense fazia uso de sua envergadura para diminuir os riscos de sentir o ‘poder de fogo’ de Gleison, mas recebeu uma queda no meio do assalto. Ele pôde mostrar, mais uma vez, que treinou a posição e não deixou o brasileiro progredir.

Tibau sabia que a volta ao terceiro assalto poderia definir o resultado do combate, então optou por usar a estratégia para trabalhar seus golpes. Jarrah, por outro lado, pontuava com chutes baixos e altos. Com dois minutos para o final da luta, o brasileiro foi inteligente e conseguiu aplicar uma queda que o fez cair na meia-guarda, onde permaneceu por boa parte do round.

PUBLICIDADE:

Vanessa Melo sente distância de envergadura e estreia com derrota

V. Melo perde em estreia na PFL. Foto: Reprodução/Instagram @pflmma

PUBLICIDADE:

Não deu para Vanessa Melo. Em seu debute na nova organização após passagem pelo UFC, a ‘Miss Simpatia’ encontrou dificuldades para desenvolver seu jogo contra Martina Jindrova. Depois de três rounds, a brasileira terminou derrotada na decisão unânime dos juízes.

O resultado negativo fez com que Vanessa não tivesse um alívio em sua carreira, por viver sequência de apenas uma vitória nas últimas cinco lutas. Ela soma 11 resultados positivos e nove negativos na carreira.

Já sua adversária, Jindrova, tem cinco triunfos e dois reveses, além de levar três pontos na competição das leves (até 70,3kg.).

Em luta morna, Sadibou Sy bate Nikolai Aleksakhin na decisão dividida

S. Sy derrotou N. Aleksakhin na decisão dividida dos juízes. Foto: Reprodução/Twitter

Depois de temporada decepcionante em 2021, Sadibou Sy conseguiu estrear de forma diferente em sua retomada na organização. Em luta marcada por altos e baixos, o sueco fez o suficiente para vencer Nicolai Aleksakhin. O duelo foi válido pela primeira fase do torneio dos meio-médios (até 77kg.).

Sadibou chegou em dez vitórias, seis derrotas e dois empates, enquanto que o russo Aleksakhin tem 26 resultados positivos e seis negativos.

Resultados da PFL 2022 #3

CARD PRINCIPAL (22h, horário de Brasília)

Peso leve (até 70,3kg.): Kayla Harrison derrotou Marina Mokhnatikina na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Carlos Leal derrotou Ray Cooper III na decisão unânime dos juízes (30-26, 30-27, 29-27)

Peso leve (até 70,3kg.): Anthony Pettis  finalizou Myles Price com um triângulo a 4m17s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Rory MacDonald finalizou Brett Cooper com um mata-leão a 2m23s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Larissa Pacheco derrotou Zamzagul Fayzallanova por nocaute 1m25s do R1

CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília)

Peso meio-médio: Dilano Taylor derrotou João Zeferino na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Peso leve (até 70,3kg.): Genah Fabian derrotou Julia Budd na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Sadibou Sy derrotou Nikolai Aleksakhin na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 30-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Jarrah Al-Silawi derrotou Gleison Tibau na decisão dividida dos juízes (29-28, 27-30, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Olena Kolesnyk derrotou Abigail Montes na decisão unânime dos juízes (30-27, 28-29, 29-28)

Peso leve (até 70,3kg.): Martina Jindrova derrotou Vanessa Melo na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano