Funcionário do Ultimate se defende de críticas após polêmica de Charles do Bronx com balança no UFC 274

Vice-presidente de assuntos regulatórios da empresa, Marc Ratner defende uso de balança antropométrica e nega erro nas aferições

C. Do Bronx perdeu o título dos leves após falhar no corte de peso. Foto: Reprodução/Instagram

A polêmica falha em balança que resultou na perda de cinturão dos leves (até 70,3kg.) para Charles do Bronx no UFC 274 do último sábado (7) segue dando o que falar. Desta vez, foi a vez do vice-presidente de assuntos regulatórios do UFC, Marc Ratner, falar sobre a legitimidade do instrumento usado na pesagem oficial.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“A balança oficial foi a que eles pesaram na sexta-feira, com a Comissão do Arizona, quando essa pesagem acontece. 28 lutadores estiveram no peso (apenas Do Bronx e Norma Dumont falharam). Então, estou muito certo de que não havia nada de errado na escala da balança. Ela foi muito precisa. O que as pessoas estão falando é que, na noite anterior, alguns lutadores queriam mudar a escala de libras para quilogramas na balança onde podem descer e verificar o peso. Não temos prova, mas isso pode ter desregulado a balança prática”, disse Ratner em entrevista à rádio ‘Sirius XM’.

Com a mudança, Charles do Bronx se pesou em 70,5kg. Mesmo após uma hora extra para cortar cerca de 200g, ele não conseguiu chegar ao limite dos leves para a luta pelo título, além de ter seu título retirado. Marc, no entanto, destaca que não havia nada de errado e tampouco se mostra favorável à mudança para balanças digitais.

PUBLICIDADE:

“Não tenho certeza de que horas Charles ou seus treinadores desceram na sexta-feira, mas ele está dizendo que verificou o peso na quinta à noite e estava bem. Posso dizer com certeza que, na sexta-feira, não havia nada de errado com a balança oficial. Sempre usamos a balança antropométrica, que é precisa e calibrada. Então não tenho problemas em usá-la. Temos sido bem-sucedidos ao usá-la nos últimos 15 anos em que a faço”, concluiu.

Apesar da polêmica, Do Bronx seguiu no evento e bateu Justin Gaethje com um mata-leão no primeiro round. O brasileiro, no entanto, deve lutar para tentar recuperar seu título contra o próximo desafiante já em sua próxima apresentação no Ultimate.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276