AO VIVO

Assista à coletiva pós-UFC 276 com Adesanya, Poatan e mais

Beatriz Ferreira é derrotada por norte-americana e fica com a prata no Mundial de boxe

Vice-campeã olímpica em Tóquio, a brasileira perdeu a final do Mundial da Turquia para Rashida Ellias na decisão dividida dos juízes

B. Ferreira foi medalha de prata no Mundial da Turquia (Foto: Divulgação/IBA)

A brasileira Beatriz Ferreira bateu na trave pelo bicampeonato mundial de boxe. Nesta sexta-feira (20), na final até 60 kg do Mundial da Turquia, Bia foi derrotada pela norte-americana Rashida Ellis por 3 a 2, em decisão dividida dos juízes. Com isso, a baiana sobe ao pódio pela segunda vez na competição, já que conquistou a medalha de ouro na edição de 2019.

PUBLICIDADE:

O vice-campeonato mundial é mais um feito no currículo de Bia Ferreira, que foi campeã mundial em 2019 e prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021. Além disso, a baiana se tornou, em 2019, a primeira brasileira a conquistar o ouro na história dos Jogos Pan-Americanos.

Algoz da brasileira na final desta sexta-feira, Rashida Ellis já havia sido derrotada por Bia Ferreira em quatro oportunidades, incluindo o Mundial de 2019 e e os Jogos Pan-Americanos de Lima. Desta vez, no entanto, a norte-americana encontrou sucesso em uma luta mais travada.

PUBLICIDADE:

No caminho até a decisão, Bia Ferreira nocauteou a mongol Ganzorigiin Badmaarag e superou, em decisões unânimes, a chilena Valentina Bustamante, a sérvia Natalia Sedrina e a italiana Alessia Mesiano.

Bia Ferreira não foi a única brasileira a conquistar uma medalha no Mundial da Turquia. Além da soteropolitana, Caroline Almeida levou a medalha de bronze na categoria até 52 kg.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276