Amigo e ex-parceiro de treinos, Khabib se manifesta em apoio a Cain Velasquez: ‘Você tem que proteger sua família’

Em entrevista ao 'TMZ', o ex-campeão dos leves defendeu o seu amigo e afirmou que a atitude do peso pesado foi correta, pois ele estava 'defendendo a sua família'

K. Nurmagomedov e C. Velasquez posam para foto após uma sessão de treinos (Foto: Reprodução/Instagram)

Preso desde o início de fevereiro, Cain Velasquez recebeu um apoio importante de um grande amigo. Em entrevista ao site ‘TMZ’, Khabib Nurmagomedov revelou que pretende visitar o ex-campeão dos pesados (até 120,2kg) na prisão e afirmou que o descendente de mexicanos não é uma pessoa ruim, apenas estava tentando defender sua família.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Você tem que proteger sua família. Se os animais protegem sua família, é claro que os humanos vão proteger sua família. Você fala de lei, código, eles o prendem, eu não entendo essas coisas. Sempre tem que ser justo. Isto não é justo. Eles ficam na cadeia e ele (Harry Goularte, acusado de supostamente molestar o filho de Cain)  está do lado de fora. Preocupe-se com outro cara. OK, coloque esse cara na cadeia também. Ele é mais perigoso para as pessoas do que Cain Velasquez”, disse Khabib.

Nurmagomedov fez questão de lembrar que nunca viu Cain envolvido em nenhum tipo de polêmica, antes do incidente, rasgou elogios ao ex-campeão e cravou que ele não deveria estar preso.

PUBLICIDADE:

“Nunca na vida dele. 40 anos (idade de Velasquez). Nunca na vida dele tivemos problemas sociais, pessoas de fora, na academia, ele é o cara mais respeitoso que eu já vi na minha vida. Treinei com ele por mais de 10 anos. Conheço a família dele, todo mundo ama Cain. O que acontece, ele age como se alguém fosse agir. Esses são os filhos dele, sabe? Ele (Harry Goularte) está lá fora, eu não entendo isso”, finalizou o russo.

Preso desde fevereiro, Cain Velasquez encara acusações por tentativa de homicídio, atirar em veículo motorizado, agressão com arma de fogo, agressão com arma letal, descarregar propositalmente uma arma de fogo a partir de um veículo e porte de arma de fogo carregada com a intenção de cometer um crime. Caso seja declarado culpado pela tentativa de homicídio, Velasquez pode pegar de 20 anos até prisão perpétua. No início do mês de maio, o norte-americano voltou a ter um pedido de fiança negado pelas autoridades.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276