AO VIVO

Acompanhe o UFC 276, com disputas de cinturão e Alex Poatan

Equipe de Holly Holm diz que vitória de Ketlen Vieira ‘põe em risco legitimidade do esporte’

Ex-campeã peso galo do Ultimate foi superada pela brasileira em polêmica decisão dividida dos juízes na luta principal do UFC Las Vegas 55

K. Vieira derrotou H. Holm no UFC Las Vegas 45 (Foto: Instagram/UFC)

A vitória de Ketlen Vieira sobre Holly Holm na luta principal do UFC Las Vegas 55, no último sábado (21), não foi muito bem aceita pela norte-americana, nem por sua equipe. Após a ex-campeã se dizer “muito irritada” com a decisão dos juízes, foi a vez da tradicional academia Jackson-Wink MMA se posicionar sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

Veja Também

Na última segunda-feira (23), o perfil oficial da Jackson-Wink MMA, academia onde treina Holly Holm, publicou um comunicado oficial cobrando que juízes de MMA sejam responsabilizados por seus erros e afirmando que “a legitimidade do esporte está em risco”.

“Juízes precisam ser responsabilizados pelos erros que cometem, assim como todo mundo é responsabilizado, penalizado e punido por fazer coisas erradas. Juízes não estão acima de todo o resto. Por que as decisões deles são tão intocáveis e nunca reverssíveis? Se isso não for corrigido, a legitimidade do esporte está em risco! Obs: qual o sentido de contar golpes se eles não significam nada e os juízes nem olham para as estatísticas? Em que eles se baseiam?”, diz o comunicado.

PUBLICIDADE:

Aos 40 anos, Holly Holm se afastou de uma nova chance de disputar o cinturão peso galo com a derrota para Ketlen Vieira. A norte-americana caiu para a terceira colocação do ranking da divisão, sendo ultrapassada pela brasileira, que assumiu a segunda posição e praticamente assegurou uma chance de lutar pelo título.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276