Ex-adversário de Georges St-Pierre, Thiago Pitbull mostra interesse em retornar ao MMA

O veterano brasileiro revelou que o seu contrato com a American Top Team chegou ao fim e assumiu que pretende voltar para as artes marciais mistas

T. Pitbull se tornou o primeiro campeão dos médios do BKFC. Foto: Reprodução/Instagram

Figura bastante conhecida no mundo das lutas, o brasileiro Thiago Pitbull não pensa em aposentadoria, pelo menos por enquanto. Atual campeão dos médios do Bare Knuckle FC, o ‘boxe sem luvas’, o lutador brasileiro revelou que o seu contrato com a organização chegou ao fim e mostrou interesse em voltar a lutar MMA. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Junkie’.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Não me resta muito tempo. Tenho 38 anos agora. Eu me sinto fenomenal. Eu como, durmo, respiro e como dentro da ‘American Top Team’. É o melhor time do mundo e eu treino os melhores caras lá fora. Então, sim, eu só quero me divertir nesta fase da minha vida e fechar este capítulo incrível com uma nota alta”, disse Pitbull.

A última luta de MMA de Thiago aconteceu em dezembro de 2019. Diante do norte-americano Tim Means, o Pitbull não conseguiu entregar uma boa apresentação e foi finalizado ainda no primeiro round. Em 2020, o brasileiro migrou para o ‘Boxe sem Luvas’ onde conquistou duas vitórias e o título de primeiro campeão peso médio da história da organização.

PUBLICIDADE:

Profissional desde o longínquo ano de 2001, Thiago viveu o auge da sua carreira em 2009. Na ocasião, o atleta tupiniquim teve a oportunidade de lutar pelo cinturão dos meio-médios (até 77,1kg) no histórico UFC 100 diante da lenda Georges St-Pierre. Apesar da derrota na decisão unânime dos juízes, o feito histórico ficou marcado. O atleta tupiniquim possui um cartel de 23 triunfos e 15 reveses.

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276