Anderson Silva diz que lutou machucado contra Weidman: ‘Estava 85%’

Spider diz que havia sofrido uma fratura na costela cerca de um mês antes da luta

A.Silva (foto) foi autor de poucas palavras durante a coletiva. Foto: Josh Hedges/UFC

A.Silva (foto) diz que lutou machucado contra C. Weidman. Foto: Josh Hedges/UFC

Anderson Silva foi nocauteado por Chris Weidman no UFC 162, em julho, e perdeu o cinturão dos pesos médios. Porém, o brasileiro surpreendeu a todos e falou pela primeira vez que se apresentou lesionado.

Cerca de 30 dias antes do revés diante do norte-americano, o site do canal ‘Esporte Interativo’ havia noticiado a lesão do Spider, fato que foi amplamente negado por toda a equipe de Anderson. Mas neste domingo (29) Silva confessou que estava com a costela fraturada.

“Foi bom tocar nesse assunto, porque eu realmente estava machucado. Até agora ninguém tinha tocado nesse assunto, mas isso não é desculpa para a minha performance. Foi um pouco abaixo da costela que eu tinha fraturado antes da primeira luta contra o Sonnen. E é isso. Eu estava com 85% da minha condição física”, disse Anderson, que preferiu não detalhar a lesão.

“Não posso falar sobre isso, porque qualquer coisa que eu fale pode ser usada contra mim. É passado”, completou.

Anderson Silva e Chris Weidman estão no Brasil para promover a revanche válida pelo cinturão dos médios. Neste domingo, os lutadores, ao lado do presidente do UFC Dana White, estiveram no Copacabana Palace para atenderem fãs e jornalistas. Na segunda-feira (30), eles estarão em São Paulo para uma coletiva de imprensa.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments