Dustin Poirier perde a paciência, contesta nível de Michael Chandler e aceita enfrentá-lo no UFC

'Diamante' desaprova adversários recentes de 'Iron' e pede para que UFC agende luta no intuito de resolver suas pendências com o compatriota

D. Poirier vem de derrota para C. do Bronx. Foto: Reprodução/Instagram

Dustin Poirier tenta reconstruir trajetória em busca de uma revanche contra Charles do Bronx nos leves (até 70,3kg.) e já definiu um oponente ideal para seu objetivo. Em entrevista ao ‘MMA Fighting’, o ‘Diamante’ perdeu a paciência e aceitou enfrentar Michael Chandler no UFC. Inclusive, ele contestou o nível do norte-americano, que vem de vitória expressiva sobre Tony Ferguson.

PUBLICIDADE:

[relacionadas

“Ele entrou no UFC e jamais superou alguém que vinha de vitória. Levou knockdowns nas três lutas mais recentes. E como (Dan) Hooker e (Tony) Ferguson foram nas últimas lutas deles? Não é questão de falar besteira, mas expor os fatos. Seja lá o que for, eu vou lutar com ele também. Apenas marquem algo. Vamos lá”, disse Poirier.

PUBLICIDADE:

Destaque dos leves do Ultimate, Poirier busca se reencontrar com o caminho das vitórias. Em seu último compromisso, o norte-americano acabou finalizado por Charles do Bronx, em confronto válido pelo cinturão linear da divisão até 70,3kg.

Por outro lado, Chandler – que também foi derrotado para Do Bronx – apareceu bem em sua luta mais recente e nocauteou Tony Ferguson com um exímio chute frontal que apagou o ‘El Cucuy’ no octógono do Ultimate. Além de Poirier, o ‘Iron’ já cogitou encarar Conor McGregor e, até mesmo, uma possível revanche contra Charles.

PUBLICIDADE:

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano