Paulo Borrachinha se manifesta após suposta agressão à enfermeira em Minas Gerais

Depois de comparecer à delegacia e prestar esclarecimento, lutador do UFC usa redes sociais para ironizar episódio

P. Borrachinha é o atual número quatro no ranking dos médios do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Destaque brasileiro no UFC, Paulo Borrachinha se manifestou após polêmica ocorrida na última segunda-feira (30), em Contagem (MG). Acusado de agredir uma uma enfermeira quando, segundo o ‘G1’, teria tentado fraudar um cartão de vacinação, o lutador usou as redes sociais para brincar com a situação. O mineiro chegou a prestar depoimento sobre o incidente em delegacia na Grande BH e foi liberado na sequência.

PUBLICIDADE:

Veja Também

“Chame a polícia”, escreveu Paulo, em sua conta no Instagram.

Além da legenda, o ex-desafiante ao cinturão dos médios (até 83,9kg.) do UFC, usou uma montagem em que estaria preso junto a Jorge Masvidal, detido em março, acusado de agressão a Colby Covington. Na imagem, o atleta faz referência à série ‘Prison Break’.

PUBLICIDADE:

A publicação de Borrachinha ganhou engajamento por parte de seus seguidores. O atleta chegou a responder alguns comentários.

“Só rindo, não é, meu irmão?”, escreveu o mineiro.

Atual número quatro no ranking dos médios, Borrachinha se prepara para sua estreia no Ultimate, na temporada 2022. O lutador busca encerrar uma sequência de duas derrotas e tem luta encaminhada contra Luke Rockhold para 20 de agosto.

PUBLICIDADE:

Podcast #68: Adesanya, Poatan e Volkanovski: Tudo sobre o UFC 276