Dustin Poirier diz ser fã de Nick Diaz, mas lamenta performance do veterano em seu retorno ao MMA

Admirador do ex-campeão do Strikeforce, ‘Diamante’ se diz frustrado por atuação do ‘bad boy’ no UFC 266

R,.Lawler nocauteou N. Diaz no UFC 266. Foto: Reprodução/Instagram UFC

Ex-campeão interino nos leves (até 70,3kg.) do Ultimate, Dustin Poirier voltou a admitir sua admiração por Nick Diaz. O ‘Diamante’, no entanto, lamentou a última atuação do ‘bad boy’, no UFC 266 e admitiu frustração, entendendo que o veterano estaria fora das condições ideais para lutar em alto nível. Na ocasião, o xodó da torcida norte-americana acabou nocauteado por Robbie Lawler.

PUBLICIDADE:

“É lamentável, porque eu sou muito fã (de Nick). Assistir lendas não sendo elas mesmos da forma que foi, eu odeio ver, mas luta é isso”, afirmou Poirier, em entrevista ao ‘THE FIGHT with Teddy Atlas’.

Na visão de Dustin, Diaz não deveria ter optado por retomar a carreira. Na luta contra Lawler, o veterano encerrou um hiato de mais de cinco anos nas artes marciais mistas.

PUBLICIDADE:

“Eles não sabem quando parar, não podem e não querem. Eles são lutadores. Acredito que eles lutaram por tanto tempo e acaba não sendo mais algo que eles fazem. É quem são. Sinto isso em mim um pouco”, encerrou.

Mesmo derrotado por Robbie, Nick, de 38 anos, não pensa em se aposentar. Sem vencer um confronto desde 2011, o atleta recentemente pediu uma disputa de cinturão imediata contra o campeão dos meio-médios (até 77kg.) Kamaru Usman.

Podcast #69: Alex Poatan brilha e Adesanya sai vaiado no UFC 276