VÍDEO: Ex-UFC raspa cabeça, tira barba e ainda usa de ‘malandragem’ constrangedora para bater peso na PFL

Jeremy Stephens passa por compromisso com a balança com ‘migué’; atleta enfrenta Myles Price nesta sexta-feira

J. Stephens em pesagem pela PFL 2022 #4. Foto: Reprodução/Twitter @PFLMMA

Antigo representante do UFC e aposta da PFL para a temporada 2022, Jeremy Stephens protagonizou um momento constrangedor na pesagem oficial, realizada nesta quinta-feira (16), em Atlanta (EUA), para o quarto espetáculo na temporada regular da empresa. Escalado para enfrentar Myles Price nesta sexta-feira (17), o veterano precisou raspar a cabeça, tirar a barba e ainda usou de ‘malandragem’ para atingir o limite do peso leve, não encaixando os pés de forma adequada na balança.

PUBLICIDADE:

Nas imagens divulgadas pelo perfil ‘@PhotoAmy33′ (veja abaixo), é possível ver Stephens já sem os pelos na cabeça. Sem todas as roupas e amparado pela toalha, o lutador chega a subir na balança em um primeiro momento, mas depois se retira do equipamento.

Veja Também

A sequência é ainda mais questionável. O combatente volta a subir no aparelho, mas não encaixa os pés da forma adequada para a aferição precisa, sustentando os membros na bordas.

PUBLICIDADE:

Em dado momento, uma pessoa presente no local das aferições chega a comentar sobre a situação.

“Ele não está sobre a balança”, cochicha.

PUBLICIDADE:

Mesmo com o episódio de ‘malandragem’, Jeremy teve êxito no processo. Com uso da libra (454g.) de tolerância, o ex-lutador do UFC marcou 70,7kg. Adversário do veterano no evento, Myles Price também confirmou presença no show, aferindo 70,3kg.

PUBLICIDADE:

Retrospecto negativo

Em novo momento na carreira, Jeremy Stephens tenta superar a má fase em sua trajetória nas artes marciais mistas. Depois de perder para Clay Collard em seu debute na PFL, em abril, o combatente busca o primeiro resultado positivo na companhia e somar a maior quantidade de pontos para avançar à fase eliminatória no torneio dos leves.

Hoje, o norte-americano de 36 anos acumula sete derrotas consecutivas. A última vitória do atleta aconteceu em fevereiro de 2018, quando nocauteou Josh Emmett, quando ainda representava o Ultimate.

Veja o momento da pesagem de Stephens

 

Podcast #66: Glover Teixeira e Taila Santos tem noite dolorida no UFC 275