Julianna Peña ironiza ‘desculpa’ de Amanda Nunes por derrota em luta pelo cinturão

Campeã das galos (até 61,2kg.) diz que nunca justificou reveses por contusões em sua carreira

J. Peña em coletiva de imprensa antes do UFC 269. Foto: Reprodução/ Instagram @venezuelanvixen

Em preparação para a revanche no UFC 277, evento que será realizado no dia 30 de julho, Julianna Peña segue provocando Amanda Nunes. Ao ser questionada sobre uma suposta contusão nos joelhos da brasileira antes do primeiro encontro, a campeã das galos (até 61,2kg.) relembrou passado com uma série de lesões e afirma que nunca usou da justificativa por seus ‘tropeços’ no MMA.

PUBLICIDADE:

“Eu tive duas cirurgias nos dois joelhos, mas nunca usei quando foi finalizada e deixada inconsciente. Entende o que eu quero dizer? Então, tem que dizer qualquer coisa que possa fazer para se motivar, dormir à noite e pesar: ‘Foram meus joelhos e na próxima eu vou vencer’. Então, você tem que dizer o que precisa para entender, eu sei disso”, comentou Peña, em entrevista ao canal ‘KREM2’.

Veja Também

No UFC 269, que aconteceu em dezembro de 2021, Julianna chocou o mundo ao finalizar Amanda Nunes no segundo round e conquistar o cinturão dos galos, que estava em posse da brasileira desde 2016. A ‘Megera Venezuelana’ possui um cartel de 11 triunfos e quatro reveses no MMA profissional.

PUBLICIDADE:

Enquanto as provocações não cessam, Amanda e Peña seguem se preparando para a aguardada revanche. As duas lutadoras se enfrentam no UFC 277, programado para o dia 30 de julho, em duelo válido pelo cinturão das galos. O espetáculo será realizado na American Airlines Arena, em Dallas, Texas (EUA).

Podcast #67: Durinho fez o pix para Yanex após nocaute em lutador que falou mal do Brasil + UFC Austin: card do ano