Mesmo após derrota, Cigano segue como primeiro no ranking dos pesados

Brasileiro manteve-se atrás somente do campeão Cain Velasquez na listagem oficial da divisão

J.dos Santos (foto) manteve-se bem ranqueado entre os pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

J.dos Santos (foto) manteve-se bem ranqueado entre os pesados. Foto: Josh Hedges/UFC

Enganou-se quem imaginou que a nova derrota de Junior dos Santos para Cain Velasquez, no UFC 166, pudesse derrubar o brasileiro no ranking de pesos pesados da organização. Na mais recente atualização da listagem, feita com base nos votos de jornalistas credenciados, o brasileiro segue atrás somente do campeão da categoria, e seu algoz no último sábado (19).

Pouca coisa mudou no ranking desde sua última versão. Roy Nelson, derrotado por Daniel Cormier na luta co-principal do UFC 166, caiu uma posição e agora é o décimo entre os pesados. Mesmo com a vitória, Cormier permanece em segundo, atrás de Cigano e Velasquez. Além disso, Jessica Eye, que estreou com vitória sobre Sarah Kauffman no mesmo evento, fez sua primeira aparição no ranking da categoria peso galo-feminina – ocupando a sétima colocação.

No último sábado (19), Junior dos Santos foi derrotado por Cain Velasquez na luta principal do UFC 166. Mesmo diante da vitória, o norte-americano de ascendência mexicana manteve-se como o quinto colocado no ranking peso por peso da organização, atrás de Jon Jones, Georges St. Pierre, José Aldo e Anderson Silva – respectivamente.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Eduardo Dantas
Eduardo Dantas
7 anos atrás

Creio que o Cigano pode continuar treinando mais uns 10 anos que não ganha de novo do Cain se continuar sem plano de luta, ficou claro nesses dois últimos confrontos que Cain é melhor e tem Corner! Cigano nas duas lutas em que perdeu pareceu não tem uma estratégia, nada funcionou , na luta que ganhou achou um golpe que lhe rendeu a vitória.
O Cigano tem muito coração e um bom boxe, mais precisa melhorar muito na luta agarrada em pé e no chão se quiser fazer frente ao Cain.

Gilberto
Gilberto
6 anos atrás

Cigano perdeu as 2 lutas pelo mesmo motivo, demonstrou não ter estratégia nenhuma, faltou resistência ,boxe e chute, está na hora de trocar seus treinadores se quiser continuar no UFC.