Toquinho admite ter segurado finalização, mas garante: ‘Não senti ele bater’

Brasileiro também relembrou vezes em que perdeu por soltar as finalizações cedo demais

R.Toquinho finaliza M.Pierce no UFC Barueri. Foto: Jeff Bottari/UFC

R.Toquinho finaliza M.Pierce no UFC Barueri. Foto: Jeff Bottari/UFC

Alvo de duras críticas nos últimos dias, após ter segurado por tempo demais a finalização sobre Mike Pierce no UFC Barueri, o que resultou em sua demissão pelo UFC, Rousimar “Toquinho” Palhares reconheceu publicamente seu erro nesta segunda-feira (21). Em entrevista ao site “MMA Fighting”, Toquinho falou sobre o ocorrido e assegurou não ter sentido os tapas de desistência do adversário.

“Eu não queria machucar ele. No calor da luta, não senti ele bater. Depois, quando  assisti à luta, percebi que segurei por muito tempo, mas eu realmente não queria machucar ele, sabe? Ele é um lutador como eu sou, e eu sei que ele faz isso para viver e nunca iria querer machucá-lo”, afirmou o brasileiro.

Toquinho também alegou já ter perdido combates por soltar finalizações antes da desistência do oponente. “Eu acho que isso é muito por causa do meu estilo. Sou muito agressivo quando parto para a finalização. Houve momentos em que eu não segurei e os caras se livraram, e acabei perdendo a luta”, explicou Toquinho.

No último dia 9 de outubro, Rousimar “Toquinho” venceu Mike Pierce com uma finalização-relâmpago no UFC Fight Night 29, em Barueri (SP). O brasileiro, porém, segurou a chave de calcanhar mesmo depois do adversário bater em sinal de desistência por duas vezes e o árbitro do combate interferir, tentando separá-los.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments