Sonnen revela que Wand impôs ‘lista de exigências’ para luta entre eles

Segundo falastrão, brasileiro quer uma luta de 30 minutos em solo brasileiro

Sonnen disse que quer enfrentar 'os caras que têm as maiores vitórias', mas não deixou de provocar Wand

C. Sonnen (foto) afirmou que Wand exigiu que a luta contra ele fosse no Brasil. Foto: Josh Hedges/UFC

Já vá se acostumando. Até o dia em que finalmente subirem no octógono para o duelo dos treinadores do TUF Brasil 3, Wanderlei Silva e Chael Sonnen devem ocupar o noticiário de MMA, seja com alfinetadas sutis ou declarações fortes. Nesta quinta-feira (24), na Inglaterra, Sonnen não conseguiu escapar do assunto Wanderlei e aproveitou para revelar a existência de uma lista de exigências do brasileiro para o confronto entre os dois.

“Quero lutar com Wanderlei e ele colocou um número de restrições na luta, ‘só vou te enfrentar se…’, e foi uma grande lista. Ele até pediu uma luta de 30 minutos, o que não existe em nenhum lugar do mundo. Para um cara que se cansa em 30 segundos, eu achei um pedido estranho, mas concordei. Aí ele colocou uma determinação para (a luta )ser no Brasil, acho que ele pensou que isso me manteria longe, mas, de novo, está aí mais uma coisa marcada na lista”, disse Sonnen, em entrevista coletiva, veiculada pelo canal “MMA Crazy TV”, do YouTube.

Na última terça-feira (22), Chael Sonnen foi informado ao vivo por Dana White que seria técnico do The Ultimate Fighter Brasil 3, durante o programa “FOX Sports Live” – do qual é âncora – na TV norte-americana. Isso colocou o falastrão em uma situação tão rara quanto curiosa: Sonnen agora tem duas lutas já agendadas pelo Ultimate. No próximo dia 16 de novembro ele enfrenta Rashad Evans no evento co-principal do UFC 167, evento que marca os 20 anos da organização, e depois encara Wand, em confronto ainda sem data estipulada, no duelo dos treinadores do TUF.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments