Após ser dominado em trilogia no UFC 276, Max Holloway reconhece talento de Alexander Volkanovski

Havaiano brinca com revés e cita australiano como o 'melhor lutador do mundo'

A. Volkanovski e M. Holloway em encarada antes da trilogia (Foto: Instagram/UFC_Brasil)

Max Holloway não conseguiu retomar o posto de ‘número um’ nos pesos penas (até 65,7kg.) e parece não guardar mágoa por isso. Depois de ser dominado e superado por Alexander Volkanovski no UFC 276, evento realizado no último sábado (2), o havaiano reconheceu qualidade do rival e o incentivou na busca pelo cinturão da categoria de cima, nos leves (até 70,3kg.).

PUBLICIDADE:

“Eu ainda estou com vantagem de 2 x 0 em knockdows. Provavelmente teremos que fazer uma quarta (luta) para resolvermos isso. Estou brincando. Parabens ao meu irmão, Alexander Volkanovski. Vá pegar aquele cinturão (dos leves) 70kg. Você conquistou a oportunidade. Você é o número um P4P (peso por peso) agora”, disse Holloway, em seu ‘Twitter’ oficial.

Veja Também

Max, que reinou de 2017 a 2019, sofreu o ‘sabor amargo’ da sétima derrota seguida. O havaiano, agora, soma 23 resultados positivos e seis negativos. Ele, no entano, não revelou se vai subir de categoria ou construir sua trajetória nos 65,7kg. em busca de nova oportunidade pelo título.

PUBLICIDADE:

Já Volka conseguiu sua quinta manutenção do cinturão até 65,7kg. O australiano também emplacou sua 12ª vitória seguida na organização, sendo 25 triunfos e um revés na carreira. Em busca de ser duplo-campeão, ele desafiou Charles do Bronx pelo título vago dos leves (até 70,3kg.).

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC