Kamaru Usman detalha ‘clima tenso’ e revela ter ficado desconfortável ao encontrar Charles do Bronx

Nigeriano relata encontro tenso com brasileiro nos bastidores do UFC 274 e revela alívio por não ter o mesmo com Israel Adesanya

K. Usman (esq.) revela clima de tensão com C. do Bronx (dir.). Foto: Montagem SUPER LUTAS

Grandes nomes do MMA na atualidade, Kamaru Usman e Charles do Bronx vivem um clima de tensão quando se encontram. Ao menos é o que conta o campeão dos meio-médios (até 77kg.), que afirmou ter cumprimentado o brasileiro nos bastidores do UFC 274, quando o ex-detentor do cinturão dos leves (até 70,3kg.) finalizou seu amigo, Justin Gaethje, ainda no primeiro round.

PUBLICIDADE:

Em entrevista à ‘ESPN’ norte-americana, Usman diz que se sente desconfortável com a presença de Do Bronx e revela alívio por não sentir o mesmo com Israel Adesanya, que também representa a Nigéria.

Veja Também

278106507_3080089665563572_7688575833298783120_n

“É muito bom estar perto de um cara e não se preocupar em encarar ou analisar, sabe? É como eu me sinto. Mas, quando me encontro com caras como (Charles) do Bronx é assim que eu vivencio, com um pouco daquele calor. É uma sensação desconfortável. Mas, também, você mantém um alerta. E é revigorante não fazer o mesmo quando estou (Israel) Adesanya”, disse Kamaru.

PUBLICIDADE:

Destaque dos leves (até 70,3kg.), Charles já declarou desejo de competir nos meio-médios (até 77kg.) no futuro, justamente onde Usman reina desde março de 2019. Por ter uma boa relação com Adesanya, o nigeriano revela desejo de expandir seu legado e cogita subir duas categorias por lutas nos meio-pesados (até 93kg.) do Ultimate, apenas para evitar um confronto contra o compatriota.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC