Alex Poatan elogia Israel Adesanya e vê méritos de adversários por atuações monótonas do nigeriano no UFC

Brasileiro deixa 'trash talk' de lado e valoriza qualidades do campeão dos médios

A. Poatan ocupa a sexta colocação no ranking do UFC. Foto: Reprodução/Twitter @ufc

No UFC 276, Israel Adesanya defendeu o cinturão dos médios (até 83,9kg.) pela quinta vez, diante de Jared Cannonier, por pontos. Apesar do desfecho, o nigeriano foi alvo de críticas pela passividade no octógono do Ultimate, enquanto Alex Poatan rendeu elogios após nocautear Sean Strickland no primeiro round.

PUBLICIDADE:

O encontro dos dois atletas deve ser marcado já na próxima rodada, mas Poatan descarta adotar estilo de ‘trash talk’ e tratou de valorizar a qualidade do nigeriano. Ele ainda destacou que seu rival não conseguiu o nocaute justamente por Jared Cannonier conseguir impedir seu ímpeto.

Veja Também

“Acho que ele está dando tudo de si em suas lutas, mas às vezes o seu ‘tudo’ não é apenas atacar, é a defesa, porque essa é a parte mais difícil. O que ele faz é a parte mais difícil, se defender. Ele é um cara completo. Você vê, grapplers que lutaram com ele não se saíram bem porque ele é diferente, ele é bom. Você acha que ele não nocautearia o cara se pudesse? Claro que sim. Mas o outro cara (Jared Cannonier) não o deixou fazer isso. Ele está dando o seu melhor lá”, disse Poatan em entrevista ao podcast ‘Trocação Franca’.

PUBLICIDADE:

Apesar de aliviar as críticas a Adesanya, o brasileiro fez questão de celebrar seus nocautes recentes no Ultimate. Segundo ele, os fãs da organização já aguardam por suas apresentações já de olho em desfechos eletrizantes. Alex também já projeta outra grande apresentação com Israel, desta vez pelo título dos médios (até 83,9kg.).

“As pessoas estão assistindo sabem que serão boas lutas. As pessoas viram minhas lutas com ele e como foi. A primeira foi por pontos, mas foi uma luta que emocionou todo mundo. Vai ser uma grande luta, cara”, finalizou.

Sexto do ranking, Alex Poatan assegurou uma chance pelo título com apenas três lutas, após vitórias sobre Andreas Michailidis, Bruno Blindado e Sean Strickland. Em sua carreira no MMA profissional, agora, são seis vitórias e uma derrota.

PUBLICIDADE:

Já Adesanya, que é campeão desde outubro de 2019, conseguiu defender pela quinta vez seu cinturão sobre Jared Cannonier. O nigeriano nunca perdeu na divisão dos médios (até 83,9kg.) e, pelo título, bateu nomes como Robert Whittaker, Yoel Romero, Paulo Borrachinha e Marvin Vettori. Ele soma 23 triunfos e um revés.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC