Patrício Pitbull desabafa, rebate críticos e avalia possibilidade de trilogia com AJ McKee no Bellator

Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS, lenda brasileira se coloca entre os maiores nomes da história dos penas e analisa possíveis próximos passos na carreira

Campeão dos pesos penas (até 65,7kg.), Patrício Pitbull falou sobre seu futuro no Bellator. Em entrevista exclusiva ao canal do SUPER LUTAS no ‘YouTube’, o brasileiro revelou desejo por trilogia contra AJ McKee em sua próxima defesa de cinturão, mas questionou desejo da organização de Scott Coker na realização de mais um encontro contra o norte-americano. Ele ainda planeja volta para outubro ou novembro deste ano.

PUBLICIDADE:

“Minha previsão de volta é outubro ou novembro. Pode ser uma trilogia com AJ McKee, que não está parecendo que vai acontecer. O Bellator não está tão animado, pois ali (na revanche) eu mostrei dominância. Então parece que não interessa mais. Tem a questão de que está 1×1 e ainda há a possibilidade de ter uma trilogia. Temos que desempatar. Mas tem o Adam Borics, que ganhou uma luta e pode ser o próximo desafiante também. Está entre AJ McKee e Adam Borics”, indicou Pitbull.

Veja Também

Questionado sobre ‘haters’ no esporte, Patrício afirma que tenta se motivar com comentários negativos, que fazem com que ele priorize os resultados e a longevidade para se manter no topo. O potiguar, inclusive, desabafou sobre o assunto.

PUBLICIDADE:

“Eu sei que a elite do esporte já me considera um grande nome, um dos maiores pesos penas da história e é o que vale. Mas fica aquele gostinho de ‘meter a porrada no meio da fuça’ e provar que falaram errado. Parece arrogante da minha parte, mas quero que se f***. Se eu não confiar em mim, quem vai confiar? (…) Já incomodou muito. E eu até ‘agradeço’ por duvidarem de mim. Me deu mais vontade para eu continuar na elite por muito tempo, porque eu tive que fazer tudo da maneira certa. Faço tudo certo para ter uma longevidade maior no esporte. Então, agradeço aos haters que me deram motivos todos os dias. Por favor, continuem duvidando, pois isso me alimenta para ir ainda mais longe”, concluiu o lutador.

Representante do Bellator desde 2010, Pitbull detém recordes importantes na companhia. Com o maior número de lutas, vitórias e defesas de cinturão, o potiguar é considerado o maior nome que já calçou as luvas da empresa. Aos 34 anos, Pitbull soma 38 apresentações como profissional no MMA. A lenda brasileira, até o momento, tem 33 vitórias e cinco derrotas.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC