Dana White confirma lesão de Velasquez e nega realização do UFC 172 no México

Contusão no ombro esquerdo do campeão foi divulgada por seu empresário Bob Cook

C.Velasquez lesionou o ombro na vitória sobre Cigano. Foto: Josh Hedges/UFC

C.Velasquez lesionou o ombro na vitória sobre Cigano. Foto: Josh Hedges/UFC

A próxima defesa de cinturão de Cain Velasquez não deve acontecer em abril. Nesta terça-feira (05), o site mexicano “Milenio” divulgou que estava praticamente acertada a realização do UFC 172 no país e que a luta principal seria entre Velasquez e Fabrício Werdum. Menos de 24 horas depois, porém, o presidente do Ultimate Dana White negou a promoção do evento no México, afirmando que o campeão dos pesados está se tratando de uma lesão.

“Nós não oferecemos a ninguém uma luta naquele card e o Cain está lesionado agora e pode precisar de uma cirurgia. Obviamente, nós não vamos ao México sem Cain Velasquez”, disse o dirigente ao portal “Yahoo”. Ao mesmo site, o empresário de Velasquez Bob Cook afirmou que o atleta já passou por uma ressonância magnética e deve ainda realizar outro exame, que vai determinar se vai ser necessária uma intervenção cirúrgica no seu ombro esquerdo.

No último dia 19 de outubro, Cain Velasquez venceu o brasileiro Junior Cigano pela segunda vez, encerrando a trilogia contra o rival e mantendo o cinturão dos pesos pesados do Ultimate. Logo após o combate, foi anunciado que Fabrício Werdum seria o próximo na fila para a disputa do título. A data para este confronto, no entanto, segue incerta, principalmente devido ao tempo de recuperação do campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments