Ketlen Vieira revela sonho de se tornar ‘versão feminina de José Aldo’ e pede por luta pelo cinturão

Brasileira diz que 'nunca quis' lutar com compatriotas, mas não há outra alternativa pelo título contra Amanda Nunes

K. Vieira em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Twitter ufc_brasil

Ketlen Vieira está perto de fazer história no UFC. Possível próxima desafiante ao cinturão das galos (até 61,2kg.), a brasileira revela desejo de colocar Amazonas para o topo do mundo e expressa desejo de se tornar a ‘versão feminina’ de José Aldo na organização.

PUBLICIDADE:

“[Nunes] fez história e venceu as melhores, campeã em duas divisões. Com certeza, se eu conseguir vencer uma luta pelo título contra a Amanda Nunes, estarei transformando um sonho em realidade e me tornando a versão feminina de José Aldo. Meu sonho é ser campeão, não importa como. Quero ser a versão feminina de José Aldo e me tornar a primeira campeã amazonense do UFC”, disse Ketlen, em entrevista ao podcast ‘Trocação Franca’.

Veja Também

Vieira ainda diz que, se Amanda Nunes não fosse campeã, ela não faria questão de enfrentá-la no Ultimate. A manauara diz que não gosta de lutar contra compatriotas, mas não há alternativa, já que a ‘Leoa’ é detentora do cinturão das galos (até 61,2kg.).

PUBLICIDADE:

“Nunca quis lutar com brasileiros, porque não somos muitos no UFC, principalmente no peso galo. Só se for pelo cinturão. Mas não tem outro jeito, meu sonho e objetivo sempre falarão mais alto que isso. Quero deixar claro que não quero lutar com a Amanda, quero lutar pelo cinturão, e atualmente ela é a campeã. Não estou pedindo nada absurdo aqui, eu mereci. Ganhei contra dois ex-campeões. A única mulher a fazer isso foi Amanda Nunes, então eu realmente acredito que sou a próxima”, concluiu a lutadora.

Segunda colocada no ranking do peso galo, Ketlen Vieira vem de duas vitórias consecutivas em lutas principais sobre ex-campeãs da divisão: Miesha Tate e, mais recentemente, Holly Holm, a quem superou em maio deste ano. Em sua carreira, são 13 vitórias e duas derrotas.

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC