De olho no cinturão, Pantoja questiona foco de Deiveson como campeão do UFC: ‘Estagnado e totalmente fora do peso’

Candidato a futura luta por título dos moscas, Alexandre reconhece feitos do compatriota, mas critica atual momento do ‘Deus da Guerra’

De olho em uma futura disputa de cinturão no peso mosca (até 56,7kg.) do Ultimate, Alexandre Pantoja tem críticas a Deiveson Figueiredo, atual campeão linear do grupo. Em entrevista exclusiva ao SUPER LUTAS, após a grande performance apresentada no UFC 277, o tupiniquim reconheceu os feitos do compatriota, mas questionou o foco do ‘Deus da Guerra’, que se recupera de lesão.

PUBLICIDADE:

“Gosto muito do Deiveson Figueiredo. É um cara que respeito muito como lutador e como pessoa. Deiveson parece que tem dois lados, não de uma maneira ruim, mas ele criou um personagem que fala, aparece cheio de brilho, com a sobrancelha pintada. E tem o Deiveson que está atrás da câmera, que é humilde como eu, que trabalha, respeita as pessoas”, declarou Pantoja.

Além de analisar os artifícios usados pelo campeão para autopromoção no Ultimate, Pantoja criticou a postura do atleta, que está fora de ação por conta de uma lesão na mão. Segundo Alexandre, Deiveson, que esteve presente no UFC 277, estaria desleixado quanto ao condicionamento físico.

PUBLICIDADE:

“Ele machucou o dedo, por isso não lutou pelo cinturão, mas vejo que ele saiu um pouco de foco. Esse problema com o Wallid (Ismail, ex-agente de Figueiredo), a troca de equipe. Vejo que isso tudo está conturbando a cabeça do cara. Vejo ele um pouco perdido. Ele não precisa provar nada para ninguém. É fora da curva, fez o peso mosca ascender. (…) Agora, ele está estagnado, totalmente fora do peso. A gente pôde ver. O cara está com uma fratura no dedo. O cara pode correr, malhar, diversas coisas. (…) Ele deve estar com 20kg. acima do peso”, encerrou.

Em 30 de julho, Pantoja voltou ao octógono após cerca de um ano de inatividade. No evento, o atleta finalizou Alex Perez de forma relâmpago, com pouco mais de um minuto de embate.

Dono do cinturão linear, Deiveson não se apresenta desde que retomou o cinturão dos mocas, em janeiro de 2022, quando venceu a trilogia contra Brandon Moreno. Ainda não há confirmação sobre quando o atleta retornará às competições.

PUBLICIDADE:

Podcast #73: MAIOR DE TODAS? Amanda Nunes volta a reinar no UFC