Cro Cop afirma estar decepcionado com Fedor: ‘O respeito acabou’

Lutador croata não gostou da postura de seu ex-rival durante sua última luta, quando foi derrotado na Rússia

F. Emelianenko. Foto: Strikeforce/Divulgação

F. Emelianenko. Foto: Strikeforce/Divulgação

O veterano Mirko Cro Cop revelou estar profundamente decepcionado com outra lenda do MMA. O croata, que subiu nos ringues no início de novembro, não gostou da postura de Fedor Emelianenko durante o evento, realizado em Moscou, na Rússia.

Originalmente escalado para encarar o irmão de Fedor, Aleksander, Cro Cop viu os planos mudarem após o rival ser demitido do evento acusado de agressão. Assim, o ex-astro do PRIDE e UFC enfrentou Alexey Oleinik, mas foi finalizado no primeiro round.

Cro Cop se mostrou incomodado com supostas críticas feitas pelos irmãos após o combate. “Eu realmente respeitava e gostava dos dois desde que lutei com eles no Japão, mas agora o respeito acabou”, afirmou. “Com relação a Aleksander, que causou um escândalo ao bater em um homem de 63 anos, não farei muitos comentários, já que é por causa de pessoas como ele que nosso esporte é frequentemente mal visto. Mas Fedor foi uma grande decepção.”

O croata, que fez uma lendária luta contra Fedor no PRIDE em 2005, afirmou que o russo mostrou um comportamento incomum para a sua personalidade. “Se Fedor lutasse em minha cidade, eu o visitaria no hotel, o levaria para jantar. Se eu tivesse que que dizer algo a ele, diria cara a cara. Afinal, nós sangramos juntos nos ringues japoneses e tivemos uma luta que muitos consideram a melhor na história do MMA. Ele não só não me disse um ‘olá’ antes da luta, mas fez comentários ruins sobre mim. Esse não é o Fedor que eu conhecia”, desabafou.

“Quando ele perdia, era duro para mim. Era como se eu mesmo tivesse perdido – e é esse mesmo homem que diz que não sabe o que me mantém lutando, que eu estou fora de forma. Todos têm direito a ter uma opinião, mas é o meu sangue que eu estou derramando e é problema meu por quanto mais tempo eu lutarei”, encerrou o croata, de 39 anos de idade.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
fabio saturnino dos santos
fabio saturnino dos santos
6 anos atrás

Depois de aposentados,esses dois idolos agora resolvem se comfrontar com acusaçoês,não acho isso legal,eu os vi em ação e dava gosto de se ver,eles deveriam se procupar em passar a experiências que eles tem para o crescimento do esporte no mundo,pois embora muitos critiquem o mma,não tem jeito é um esporte apaixonante ..