Matt Riddle desiste novamente de luta e é demitido pelo Bellator

Foi a segunda vez que norte-americano, ex-UFC, não pôde arcar com os compromissos com o evento

M. Riddle durante pesagem no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

M. Riddle durante pesagem no Ultimate. Foto: Josh Hedges/UFC

Não durou muito a passagem do meio-médio Matt Riddle pelo Bellator. Após desistir do combate que faria contra Nathan Coy, no dia 22 de novembro, o norte-americano acabou sendo dispensado pela organização.

Foi a segunda vez que Riddle se retirou de um compromisso com o Bellator. Há alguns meses, ele saiu do torneio dos meio-médios devido a uma lesão em suas costelas. O diretor de comunicações do evento, Anthony Mazzuca, deu mais detalhes sobre a decisão.

“Matt era um rapaz em quem tínhamos grandes esperanças em sua chegada ao Bellator. Depois de ele sofrer sua lesão nas costelas e sair do nosso torneio, demos a ele uma nova luta, no dia 22 de novembro. Infelizmente, Matt nos informou que não lutaria, e nesse momento decidimos liberá-lo”, comentou. “Desejamos a ele tudo de melhor em suas negociações futuras”, encerrou Mazzuca.

Sem nem entrar na jaula do Bellator, Riddle teve uma passagem conturbada pelo evento. Depois de sua lesão na costela, o lutador chegou a anunciar sua aposentadoria do MMA e fez duras críticas à organização ao alegar ter recebido pouco apoio. Porém, voltou atrás e assinou para lutar com Coy.

Antes, foi flagrado no antidoping em duas oportunidades no UFC, por maconha, nas lutas contra Chris Clements e Che Mills. Assim, todas as suas lutas como profissional permanecem sendo no UFC, onde possui um cartel de 12 vitórias, três derrotas e dois no contests (luta com resultado anulado).

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments