Integrante do exército ucraniano, lutador de MMA morre em bombardeio na guerra contra Rússia

Polonês Tomasz Walentek atuava como voluntário na Legião Internacional de Defesa da Ucrânia; atleta perdeu a vida em julho

T. Walentek integrava o exército ucraniano na guerra contra a Rússia. Foto: Reprodução/Twitter

Luto no MMA. O lutador polonês Tomasz Walentek perdeu a vida durante um bombardeio na região de Donbass, região leste da Ucrânia, enquanto defendia o exército do país contra as invasões russas. O atleta integrava voluntariamente a Legião Internacional de Defesa da Ucrânia, grupo criado para receber estrangeiros dispostos a compor as forças armadas.

PUBLICIDADE:

O incidente que tirou a vida de Walentek aconteceu no mês de julho. Nas redes sociais, a Associação de MMA da Polônia homenageou o lutador, lamentando a morte do mesmo.

Veja Também

“É com muita tristeza que recebemos a informação sobre a morte de Tomek, um voluntário polonês que lutou na legião de defesa internacional da Ucrânia e perdeu a vida. Tomek participou e venceu o Segundo Campeonato de MMA realizado em Gliwice (na Polônia). Descanse em paz”, escreveram nas redes sociais.

PUBLICIDADE:

Representante do MMA, Tomasz não era o único atleta do esporte a se inserir no conflito entre as nações. Em 2021, o campeão do Bellator Yaroslav Amoso também interrompeu a carreira para defender a Ucrânia. Embora já tenha retomado a rotina de treinos, há alguns meses o meio-médio (até 77kg.) chegou a confirmar que não defenderia o cinturão enquanto as questões entre os países não estivessem devidamente solucionadas.

Podcast #74: O Adeus trágico a Leandro Lo +Derrotas brasileiras no UFC Vegas 59



Resultados do UFC San Diego Resultados da PFL 8 2022 Principais destaques do UFC San Diego Principais destaques da PFL 8 2022 Ranking dos meio-pesados do UFC