Nate Diaz espera bater Maynard e ter nova chance de lutar pelo cinturão

Irmão mais novo de Nick Diaz acredita que nova vitória sobre o rival de longa data o colocará no caminho de disputar o título

N. Diaz. Foto: Josh Hedges/UFC

N. Diaz. Foto: Josh Hedges/UFC

Ex-desafiante do cinturão dos leves no UFC, Nate Diaz acredita que em breve terá a chance de disputar novamente o título na categoria até 70 kg.

Em dezembro de 2012, após uma sequência de três vitórias convincentes, o norte-americano teve a oportunidade de enfrentar o então campeão Benson Henderson, mas acabou derrotado na decisão dos juízes. Depois, encarou Josh Thomson, mas foi nocauteado pela primeira vez em sua carreira.

No próximo sábado (30), o irmão mais novo de Nick Diaz voltará ao octógono para completar a trilogia contra Gray Maynard na luta principal da final da 18ª temporada do reality show The Ultimate Fighter.

“Eu vencerei Gray Maynard e irei atrás de [Anthony] Pettis e Thomson para acabar com eles. Estarei rapidamente lutando novamente pelo título”, disse, em vídeo divulgado pelo UFC.

Nas duas vezes que Diaz e Maynard se enfrentaram houve uma vitória para cada lado. No primeiro encontro, ainda na casa do TUF 5 [e, por isso, a luta não conta nos carteis oficiais dos lutadores], Diaz finalizou Maynard com uma guilhotina no segundo round. Na revanche, em 2010, Maynard se sagrou vencedor por decisão dividida.

Diaz acredita que foi o real vencedor de ambos os combates e espera decretar sua superioridade no terceiro encontro. “Eu vou bater Gray Maynard. É a terceira vez que lutarei com ele, então quero finalizá-lo para acabar com isso. Eu venci a primeira e acho que também vencia a segunda luta. Você pode perguntar para ele como ele ganhou, mas não sei se haverá uma boa resposta”, comentou, reconhecendo, no entanto, as qualidades do adversário.

“Eu melhorei e acho que ele também melhorou. Ele tem um bom wrestling, bate forte e é um bom atleta, mas não é nada que eu não tenha visto antes”, afirmou. Maynard, de 34 anos, também vem de derrota: ele foi nocauteado por TJ Grant no UFC 160, em maio deste ano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments