Hendricks deixa polêmica luta com GSP para trás: “Estou ansioso para o futuro”

Norte-americano diz que passará a se concentrar nos próximos combates após ficar sem o cinturão dos meio-médios

J. Hendricks. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Hendricks. Foto: Josh Hedges/UFC

Pouco mais de uma semana após umas das lutas mais polêmicas da história recente do UFC, Johny Hendricks declarou ter deixado para trás o combate contra Georges St. Pierre a fim de se concentrar em seu futuro.

No dia 16 de novembro, GSP manteve seu cinturão dos meio-médios ao bater o norte-americano em uma controversa decisão dividida dos juízes. Na semana seguinte ao evento, Hendricks deu diversas declarações alegando ter sido o verdadeiro vencedor. No entanto, nesta segunda-feira (25), em entrevista ao programa norte-americano MMA Hour, “Bigg Rigg” afirmou que, para ele, a polêmica já faz parte do passado.

“Quer saber? Eu já deixei isso para trás. Estou ansioso para o futuro e é isso o que eu posso fazer nesse momento. Sei que o enfrentarei de novo caso ele não se aposente, e na próxima vez eu me assegurarei que a luta não vá para a decisão dos juízes. Eu o balancei no segundo round e da próxima vez eu terei certeza de acabar com ele”, argumentou Hendricks.

No segundo round da luta, enquanto GSP ainda estava atordoado, o árbitro Mário Yamasaki interrompeu o combate para recolocar o protetor bucal em Hendricks, o que permitiu ao canadense um tempo a mais para se recuperar. Contudo, apesar de ter perdido a oportunidade do nocaute, o desafiante elogiou a atitude do árbitro brasileiro.

“O meu protetor caiu enquanto eu estava atacando, mas e se GSP acertasse um soco e eu quebrasse um dente? Tem muita coisa que pode acontecer com um lutador que está sem o protetor. A culpa foi minha por não ter mantido o protetor na minha boca”, encerrou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments