Shogun descarta aposentadoria e promete ‘muita trocação’ contra Te Huna

Brasileiro faz a luta co-principal do UFC Fight Night 33, em dezembro

Vindo de duas derrotas consecutivas, M.Shogun (foto) busca reencontrar o caminho das vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

Vindo de duas derrotas consecutivas, M.Shogun (foto) busca reencontrar o caminho das vitórias. Foto: Josh Hedges/UFC

A oportunidade de se recuperar após sua segunda derrota consecutiva no Ultimate bateu rapidamente à porta de Maurício Shogun. Pouco depois da derrota para Chael Sonnen, o brasileiro foi confirmado como adversário de James Te Huna no UFC Fight Night 33. Querendo apagar a má impressão de seus últimos combates, Shogun prometeu trocação franca para o duelo do próximo dia 6 de dezembro.

“Eles me ofereceram e eu estava disponível, então aceitei. O timing acabou sendo perfeito para mim. Eu lutarei no país dele, e será uma luta emocionante. Ele é um boxeador muito bom, eu conheço o estilo dele. É uma luta que os fãs vão querer assistir porque terá muita trocação”, afirmou o curitibano, em entrevista ao site “MMA Junkie”.

Questionado sobre as chances de encerrar sua carreira, principalmente em caso de nova derrota, Shogun foi incisivo ao afirmar que não pensa em pendurar as luvas. “Eu não penso sobre isso ainda. Quando eu parar de lutar eu vou começar a pensar nisso, mas até agora não pensei sobre isso”, concluiu.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments