Depois de período de paz, Ngannou se une a Rockhold e volta a criticar tratamento do UFC com atletas

Em meio a processo de renovação de contrato, campeão dos pesados mostra insatisfação com carência de patrocinadores particulares no momento das lutas

F. Ngannou é o atual campeão dos pesados. Foto: Reprodução/Instagram @ufc

Depois de um período de paz, Francis Ngannou voltou a criticar publicamente o tratamento do Ultimate com seus atletas. Após o desabafo sincero de Luke Rockhold, que acusou a companhia de desprezar lutadores em mau momento, o campeão dos pesados (até 120,2kg.) decidiu retomar à velha rixa com a companhia. Em processo de renovação de contrato, o franco-camaronês se indispôs com a carência de patrocinadores particulares no momento dos confrontos.

“Lutadores são roubados com patrocínio. É uma fonte enorme de receita para nós, mas o UFC continua explorando isso para seu próprio benefício”, disse Ngannou, em publicação no Twitter.

PUBLICIDADE:

Segundo Francis, a impossibilidade de atletas exibirem estampas outros patrocinadores, que não os firmados em acordo com o UFC, já rendeu um prejuízo considerável. Na rede social, o atleta explicou.

“No ano passado, perdi um acordo de mais de US$1 milhão (cerca de R$5 milhões), porque a ‘crypto.com’ tem parceria com o UFC. O que eu ganho com isso?”, questionou.

PUBLICIDADE:

O novo episódio volta a causar polêmica sobre a renovação do lutador com a empresa. Em janeiro, depois de bater Ciryl Gane e unificar o título dos pesados, Ngannou encerrou a cota de lutas vigente em seu contrato. Agora, o atleta e a companhia formulam um novo contrato.

PUBLICIDADE:

Charles do Bronx em risco após show de Tsarukyan no UFC Austin?

Leia Mais sobre: , , , ,


Resultados do UFC Las Vegas 83 Brasileiros em ação no UFC Las Vegas 83 Resultados do UFC Austin Resultados das Finais – PFL Resultados do UFC Las Vegas 82