Jones diz que não conseguiria se preparar para luta com Glover em fevereiro

Campeão revelou que seu corpo está desgastado e, por isso, precisaria de mais tempo para recuperação

J. Jones. Foto: Josh Hedges/UFC

J. Jones. Foto: Josh Hedges/UFC

Jon Jones confirmou que teve de adiar o seu confronto contra Glover Teixeira porque não estaria em condições físicas para se apresentar de maneira adequada.

O norte-americano estava escalado para fazer a sua sétima defesa do cinturão dos meio-pesados no UFC 170, em fevereiro do próximo ano. Contudo, poucos dias depois do anúncio, o UFC afirmou que a luta teria de acontecer em outra data ainda a ser definida.

Jones acredita que seu corpo não estaria em condições de se preparar da melhor forma possível para o combate. Em sua última atuação, ele bateu Alexander Gustafsson em setembro, após uma intensa batalha que desgastou o campeão.

“O motivo pelo qual eu não aceitei a luta [em fevereiro] é porque eu não acho que meu corpo está pronto para o treinamento. Eu queria estar lá para os fãs, para o UFC, mas, para eu poder fazer isso, eu preciso ouvir o meu corpo e me preparar. Isso é ser saudável”, opinou o atleta.

“Meu olho ainda não está pronto para levar socos. Estou preocupado que isso poderia reabrí-lo, o que pioraria a cicatriz e prolongaria a questão ainda mais. Meu pé não está pronto, também. Quando eu acordo, eu saio da cama e escuto meu pé estalando”, descreveu Jones.

Além disso, o lutador afirmou que pretende passar as festas de fim de ano em sua cidade em vez do local onde realiza o  seu treinamento. “Eu passei o Natal nos últimos três anos em Albuquerque e desta vez queria passar com a minha família em Nova York, para que meus filhos vejam o Natal que deveriam. Esse é o maior motivo pelo qual eu adiei a luta até março”, afirmou.

Jones também aproveitou para elogiar mais uma vez o jogo de Teixeira. “Ele é um atleta incrível. É faixa preta de jiu-jitsu, um dos melhores boxeadores que já enfrentei e provavelmente tem o maio poder de nocaute que eu já enfrentei. É uma ótima luta. Ele é um cara grande, assustador, intimidador, e quando luto com gente assim, eu faço o que sei fazer de melhor”, disse.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
fabio saturnino dos santos
fabio saturnino dos santos
6 anos atrás

ta certissimo,é campeão,tem que lutar só estando cem por cento,não pode da sopa pro azar e alem do mais agora todo mundo quer o seu cnturão,da-lhe jones …