Modafferi se diz 'deprimida' com comentários dos fãs sobre sua estreia no UFC | SUPER LUTAS

Modafferi se diz ‘deprimida’ com comentários dos fãs sobre sua estreia no UFC

Participante do TUF 18 foi derrotada por Raquel Pennington no último sábado (30)

Roxanne (esq.) com a companheira de Time Tate no TUF 18 e adversária no sábado Raquel Pennington (dir.). Foto: Reprodução/Roxannemodaferri.net

Roxanne (esq.) com a companheira de Time Tate no TUF 18 e adversária no sábado Raquel Pennington (dir.). Foto: Reprodução/Roxannemodaferri.net

Veterana do MMA há mais de uma década, Roxanne Modafferi aguardou por muito tempo a chance de pisar no octógono mais famoso do planeta. No entanto, a ex-desafiante ao cinturão dos Strikeforce, reconhecida no The Ultimate Fighter por sua simpatia e alegria, ficou decepcionada com a repercussão de sua derrota para Raquel Pennington no último sábado (30), no card principal do TUF 18 Finale.

“Eu tinha três objetivos na luta: fazer as técnicas que meu treinador John Wood me ensinou e ter um bom desempenho; provar que eu mereço estar no UFC; e ganhar a luta. Se fizesse os dois primeiros, o terceiro viria naturalmente. Eu atingi o primeiro objetivo! Alguém que respeito disse: ‘Você pertence a este lugar!’ Fiquei tão feliz que comecei a chorar. Mas então eu li no ‘MMA Underground Forums’ (fórum especializado) muitas opiniões negativas e agora eu estou deprimida. Até meus amigos no fórum que normalmente me apoiavam acham que não mereço. Disseram que minha trocação foi a pior que já viram no UFC. Ah, cara… :(“, escreveu a “Guerreira Feliz” em seu blog pessoal.

Outra questão que incomodou a lutadora foi a forma como os noticiários especializados informaram seu cartel. “Me incomoda muito quando os sites escrevem algo como ‘está é a sexta derrota consecutiva de Roxanne’. NÃO É, cara! Porque eu venci minha luta para entrar na casa (do TUF). Isso não vai para o papel, porque é o TUF. Mas na minha cabeça não são seis lutas seguidas com derrota. Esta foi minha 28ª luta. Eu estou em um sequência de duas derrotas, droga! Existe uma diferença!”, queixou-se. Por fim, Roxanne comemorou o fato de lutar lutado no Ultimate. “Ontem realizei um sonho de longa data. Quando eu sorri para a câmera, não foi forçado. Eu lutei no UFC!”, finalizou.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments