Treinador acredita que GSP tem 50% de chances de pendurar as luvas

No entanto, Firas Zahabi admite que nem mesmo as pessoas mais próximas ao canadense sabem quais serão seus próximos passos

Firas Zahabi carrega GSP após luta contra Hendricks. Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC

Firas Zahabi carrega GSP após luta contra Hendricks. Foto: Donald Miralle/Zuffa LLC

Firas Zahabi, treinador principal de Georges St. Pierre, revelou que ainda não sabe qual será o futuro de seu lutador.

Após bater Johny Hendricks na decisão dos juízes no UFC 167, em novembro, o campeão dos meio-médios demonstrou o desejo de pendurar as luvas momentaneamente a fim de estabilizar a sua vida pessoal. No entanto, as intenções de St. Pierre ainda estão meio incertas, e não se sabe se ele abrirá mão de seu cinturão ou não.

Em entrevista ao site canadense Sportsnet, Zahabi disse que nem mesmo as pessoas mais próximas a St. Pierre sabem quais serão seus próximos passos. “Eu não sei. Acho que é 50-50 e eu não acho nem que Georges saiba”, revelou.

“Ele tem, sozinho, 22 lutas no UFC. Isso é muito treinamento, anos de sacrifício. Ele não pode fazer várias coisas, ter uma esposa e filhos, nem mesmo uma namorada estável. Ele não tem nada normal em sua vida. Por quanto tempo ele vai querer fazer isso? Ele que vai decidir o que vai fazer e ninguém fará isso por ele”, argumentou o treinador.

Contudo, Zahabi afirmou que, caso St. Pierre decida se aposentar, terá feito isso em grande estilo. “Acho que, se [sua carreira] acabar assim, será bom. Ele terminaria com um prêmio de luta da noite em uma batalha que foi lá e cá. Ele mostrou coração, coragem, mostrou que é um lutador”, analisou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments