Presidente do WSOF adverte Toquinho sobre finalizações: ‘Se segurar de novo, já era’

Ray Sefo, no entanto, não acredita que o brasileiro vá reincidir no mesmo erro cometido no UFC

R. Toquinho (foto) deve estrear no WSOF em fevereiro. Foto: Divulgação

R. Toquinho (foto) deve estrear no WSOF em fevereiro. Foto: Divulgação

Após ser demitido do UFC e duramente criticado por segurar demais uma chave de calcanhar em Mike Pierce, o brasileiro Rousimar “Toquinho” Palhares recebeu uma nova chance do evento World Series of Fighting. Recém-contratado pela organização, Toquinho deve se atentar para não reincidir no erro, algo que já havia acontecido no Ultimate. O alerta foi feito pelo presidente do WSOF Ray Sefo, em conferência de imprensa.

“Eu não vou tolerar nenhuma dessas tolices que aconteceram antes. Se acontecer de novo (uma finalização segurada), ele já era”, afirmou Sefo. O dirigente, no entanto, disse acreditar que tal tipo de coisa não vá acontecer com o brasileiro no novo evento. ” Seria bobagem isso acontecer de novo, porque tenho quase certeza que, se ele fizer isso aqui, ele não vai mais ter nenhum lugar para ir. Mas, de novo, (Minotauro) Nogueira e sua equipe nos deram sua palavra que as coisas vão ser boas daqui para frente, então esperemos para ver”, completou.

Sefo também falou mais sobre a importância das conversas com Rodrigo Minotauro, mentor de Toquinho, e Renzo Gracie para que ele mudasse sua opinião sobre o brasileiro e acertasse sua contratação. “Isto é um esporte e não quero ver ninguém se machucar seriamente ou ficar paralítico por causa de bobagem. Mas depois de escutar Renzo Gracie, que é um mestre de jiu-jítsu, e o que ele tinha a dizer sobre esse incidente em particular, houve discussões e diálogo entre nosso matchmaker, sua equipe e o Minotauro. Nogueira nos deu sua palavra que ele está trabalhando com o Toquinho e ajudando-o em seu camp, e que eles estão tentando arrumar ajuda para ele também. Todas essas coisas juntas me permitiram olhar para isso por uma perspectiva diferente e conversar com minha equipe sobre isso. Então decidimos que iríamos contratá-lo”, finalizou.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments